Personal Organizers escondem as coisas das pessoas e bagunçam tudo

| A polêmica de Anitta e as Personal Organizers que organizam demais, identificam tudo e depois não se encontra mais nada!

Então, é esse o bafafá que está rolando agora nas mídias sociais, às vésperas do maior evento de organização de Profissionais de Organização do Brasil. Parece proposital essas coisas, sim, até parece, mas isso é bem vida real. "Personal Organizers escondem as coisas das pessoas e bagunçam tudo." Como assim?! O negócio tá chiando na minha cabeça desde domingo. Como este é um canal de educação para um mundo mais organizado, mais pessoas precisam ouvir sobre isso. Ao menos quem me acompanha precisa não só ler ou ouvir: mas principalmente ENTENDER! Então compartilhe este post se quiser me ajudar a levantar essa bandeira da organização. Abramos a porta e entendamos a verdade, na real.


Existem cases lindos e quase perfeitos de pessoas famosas que contratam Personal Organizers, se conectam com elas de forma verdadeiramente real, e sentem os benefícios da transformação que eles proporcionam. Isso chega até a emocionar as sentimentais de plantão, porque é, realmente o que acontece. Restauração. Renovação. Emociona por um motivo ímpar. Antes de continuar o papo sobre o que Personal Organizer faz ou não faz, assista ao vídeo abaixo O que faz uma Personal Organizer.



Agora, tem também, em todas as profissões, aquelas pessoas famosas (pode ser uma em um milhão), que contratam um serviço, pagam por esse serviço, não tem tempo nem para conhecer o profissional que está ali, "mexendo nas suas coisas", nem muito menos para entender esse "serviço", que na realidade não é somente um serviço.

Delegar esse acompanhamento da prestação de serviços de organização a outra pessoa, é como dizer "Olha, decida o que for melhor para os meus pertences.". Você entregaria seus registros de memórias nas mãos de alguém, para que esse alguém decidisse por você, nem que fosse sua mãe ou ao seu marido/esposa? Essa pessoa te conhece tão bem para que entenda o que essas memórias representam para você? Por que com roupas, livros, e outras coisas, isso parece mais fácil? Organizar é participar ativamente do processo! O trabalho de organização é uma parceria - entre profissional e o dono dos espaços/objetos que são organizados. Especialmente dessa parte.

Algumas pessoas são muito ocupadas, não tem tempo, sim, e por isso, precisam delegar a organização dos seus espaços a um profissional. Mas entrar na casa de uma pessoa não envolve somente realizar um trabalho que nos foi delegado e sabemos fazer de maneira top das galáxias, é essencial conhecer essa pessoa, entender o que ela gosta, como a casa "funciona", como que a pessoa usa seu espaço.

Se trata muito mais de relações humanas, do que de dobrar roupas de maneira perfeita. Isso é só a parte final da história. O começo, poucos falam - e é esse que dá mais trabalho. O conhecimento do trabalho, o auto-conhecimento de si mesmo e do outro, o refletir sobre soluções práticas e funcionais, e o que talvez falte quando se façam afirmações insanas como essa: conectividade com a profissional e com o que ela lhe propõe. Antes de romantizar e dizer que envolve amor, envolve CONEXÃO. Isso é maior e mais forte que qualquer outra palavra.

Essa conexão é essencialmente entre o profissional e o dono da casa, das coisas, dos espaços - não com outra pessoa que ele deixar ali para "representá-lo". Conexão entre os dois lados. É preciso quebrar objeções, quebrar resistências, lidar com todo tipo diferente de pessoas (é psicologia pura!), para que o resultado dessa conexão seja realmente um sucesso. Se aqui houver algum ruído - o restante do projeto estará comprometido.

Personal Organizer desbagunça, descomplica, traz a tona, a luz, o que antes estava escondido. A verdadeira Personal Organizer faz isso, sim! Manda a bagunça para bem longe, e ensina que dá para viver bem mais leve e feliz, sem ela. Caraca, essa é a verdade! Organizar é saber onde estão as coisas - é ter os lembretes/coisas certas, nos lugares certos!

A quem você confia para transformar seu cabelo e seu visual? A um profissional de confiança, que você ame de paixão, admire o trabalho, e que realmente tem alguma conexão e entende o que você deseja. Você entrega o seu visual nas suas mãos e diz para ele indiretamente "Confio em você! O que você achar que combinar para mim, pode fazer. Quero mudar!" Com sua casa não pode ser diferente. Verdadeiros profissionais de organização são diferentes, mas existem os faz de conta também, é preciso prestar atenção e aprender a diferenciá-los.

Se você ainda acredita que "Personal Organizers escondem as coisas das pessoas e bagunçam tudo", assista ao programa Santa Ajuda com a Micaela Góes do GNT ou a série da Ordem na Casa com a Marie Kondo no Netflix. Perceba o profissional de organização em ação, e especialmente a enorme empatia que rola em cada caso das narrativas. É isso que deve rolar no fazer acontecer de qualquer transformação de espaços com a organização. Esses programas relatam não a realidade perfeita, mas a realidade real. Ela é bem dura com algumas pessoas às vezes, a verdadeira bagunça que congela, flagela, deprime, invalida, trava e bloqueia para a vida. A organização é o remédio para toda essa dor, e como já descrevi acima, ela restaura. Então, Anittas desse vasto mundão, parem de falar do que não conhecem. Sejam donas das suas casas - decidam o que é e o que não é. Pessoas assim me dão preguiça, definitivamente. E quem tem voz nesse mundão, que use para o bem, não para alimentar mitos que não tem nada a ver.

Nenhum comentário:

© Copyright 2019 | Edeltraut Lüdtke | Proibida reprodução do conteúdo deste blog sem permissão. Tecnologia do Blogger.