Como ser mais criativo!?

Como ser uma pessoa mais criativa!? Minha sobrinha Cristchie me perguntou esses dias algo super legal, sobre criatividade, e achei que poderia ser do interesse de muitos de vocês também, pois viver a vida de forma criativa é a melhor maneira de se viver! Seja em ideias para casa, para a vida (finanças, estudos, relacionamentos, lazer, espiritualidade, saúde) ou para o trabalho, com criatividade tudo flui de forma mais leve. "Eu sou muito travada na criatividade, de onde tu tira tanta coisa legal?!" Então já surgiu a ideia criativa: "como usar melhor a nossa criatividade?!" Apenas amei esse insight para escrever sobre isso, depois de já ter escrito quase um post só para ela! Confere as 7 dicas que compilei para ajudar também todos vocês a explorar mais a criatividade nas suas vidas!

Como ser mais criativo!?


1 | Quebre os paradigmas negativos!

"Não sei ser criativa. Não sou tão criativa quanto ele. Ah, como gostaria de ser mais criativa. Como essa pessoa consegue pensar em tanta coisa diferente que ninguém ainda pensou?!" Eu era assim, há uns 10 anos atrás, antes de começar essa história de blog. Uma das habilidades que decidi desenvolver mais era a criatividade, até para escrever no blog e fazer vídeos, é preciso muita criatividade para fazer um trabalho legal, não é mesmo?! 

Que não seja cópia, mas tenha a sua vivência. Que seja não para ser melhor, mas para dar o melhor de você mesmo. Que seja para causar UAU, e ser apaixonante de verdade. Para ser criativo e inovador em qualquer trabalho que seja, enfim. 

Então, é difícil mudar essas nossas crenças, mas tendo em mente que precisamos mudar elas, e mentalizando as frases como elas deveriam ser, já é um avanço e tanto. "Eu quero aprender a ser criativo. Eu sou criativo, só preciso desenvolver mais esse lado. Eu quero ser mais criativo!" Você já é criativo, e não sabe que é, porque ainda não se deu essa chance de ser. Só precisa acordar a criatividade que existe em você, e deixar ela extrapolar por aí, sem neuras! Se for para o bem, que deixe rolar! Se joga, sem medo!

2 | Não seja tão crítico com você mesmo. 

Algo que tentemos a erroneamente achar, é que nossas ideias não são tão boas, que não são tão legais, que existem outras melhores, a escolha certa mesmo é desistir. Pode ter certeza de que conseguimos nos convencer rapidinho disso, também do contrário.

Se nunca fizemos algo, é óbvio, que se começarmos e continuarmos fazendo, a prática nos dará mais habilidades para fazer melhor, e depois de 1 ano, ah... seremos outra pessoa fazendo a mesma coisa. Quando vejo alguns vídeos antigos do canal me dá um nó no estômago. Eu me achava o máximo. Eu achava que não poderia ser melhor do que aquilo. Só que eu continuei fazendo, mudando algumas muitas coisas, e aprimorando. 

Se esperarmos estar prontos para fazer algo, nunca estaremos. Todos temos alguns medos que nos travam, e nos fazem não insistir, eu também ainda tenho os meus. Sempre teremos, pois novas realidades irão surgir. Novamente, precisamos mentalizar mais amor próprio e admiração por nós mesmos, em primeiro lugar. É o ciclo da vida!

3 | Busque se inspirar!


Se você não está nesse nível top e fantasioso de "a vida, o dia a dia, as pessoas a minha volta, o ar que respiro me inspira", e precisa de uma forcinha extra, ela existe! Só não vale se comparar, e achar que não conseguirá fazer melhor - esse não é o objetivo de buscar inspiração. Você conseguirá sim, dar o seu melhor, por isso observe projetos ou ideias semelhantes aos que deseja fazer. 

Seja no Pinterest, nas redes sociais (alguns feeds no Instagram são super inspiradores - organizados e focados em assuntos específicos - um charme só), sites e blogs, canais no YouTube, livros, revistas, enfim, tudo depende das características do seu projeto, afinal, essas fontes que citei são infinitas, então, FOCO no assunto central da sua pesquisa é ESSENCIAL. 

Às vezes até conversando com um amigo que não tem nada a ver com o assunto (imagina se tivesse!) pode te dar uma baita ideia e inspiração, com algo que ele te fale, é coisa bem louca mesmo. Meu marido quando me ouve divagar sobre algum projeto, só às vezes de contar para ele, já rola a tal conexão criativa, a ideia destrava e flui. Só sentindo para entender mesmo. Experimente!

Olhar para fora ajuda, e muito, para depois construir algo bem a sua cara, aqui dentro, na própria criatividade. Outra coisa que me inspira muito é a música. Cozinhar ouvindo música, descobrir uma música nova, imprimir as cifras e tentar tirar ela no violão, eu amo isso! Começar o dia cantando uma música legal, mesmo que não tenha nada a ver com o assunto das ideias, é algo que me deixa tranquila e serena. Eu converso comigo mesma de uma maneira legal, dou atenção para um eu meu que é só meu e ninguém vai cuidar melhor do que eu mesma. É libertador. 

Aproximar-se de pessoas criativas parar ver como elas fazem e se inspiram também é legal. Tipo assim, assinar o feedburner do blog, se inscrever no canal do YouTube, pegar no pé mesmo e sugar o que elas sabem.

Ideias criativas


4 | Organize suas ideias!

Uma sugestão que não posso deixar de dar é: organize-se! Sim! Sem organização, é muito mais difícil executar com foco, discernimento e produtividade os nossos projetos. Só esse tópico daria um big post, mas vamos lá, para o nível mais simples de organização que é preciso desenvolver. Não consigo nem imaginar destralhar a bagunça criativa sem organização.

Muitas vezes temos uma ideia legal, mas a consideramos louca demais, nada a ver. São essas que se tornam os projetos criativos mais admirados depois. Realmente as ideias não vem organizadas, é no que julgamos "isso não!" que talvez tenhamos de apostar mais. Não nos boicotarmos para essas ideias doidas.

Por isso uma sugestão é ter um caderno (físico ou digital), onde você guarde ideias, listas, desenhos dessas coisas loucas que deseja fazer. Simplesmente tire da cabeça e guarde bem em algum lugar que consiga ter fácil acesso depois, quando tico e teco se acertarem e chegarem num consenso do que fazer com alguma delas, bem aquela que está tirando seu sono, e fica vindo sempre de novo a sua cabeça.

5 | Reflita e relaxe!

Não é sempre no momento que você está com o notebook aberto ou lápis na mão que a ideia surge assim como mágica. Às vezes é numa caminhada, durante o banho, ao assistir um desenho com os filhos, ao ficar pertinho deles sem pensar em nada (só no cafuné), ao acordar de manhã cedo, quando não acontece ao despertar de um sonho no meio da noite! 

Não posso recomendar pra você "vá e faça palavras cruzadas" ou "vá e leia uma história em quadrinhos ou assista um desenho infantil", se você tem pavor disso. O que você gosta de fazer, que te desestressa e te deixa mais leve? Andar de patins, andar de bicicleta, ficar sozinho no mais intenso silêncio, sair com os amigos, se dar de presente uma massagem relaxante?! É isso que talvez falte, e ajude muito a melhorar sua amizade com seu lado criativo. Ninguém estressado dá pulos de alegria por uma super ideia que teve. 

Tudo é possível, quando você coloca a mente para trabalhar e trazer soluções, quebrou seus paradigmas negativos e começou a olhar o mundo com um olhar mais inspirado e de apreciação. A vida é nossa maior inspiração - se ainda não é, transforme ela para que seja! Ao incubar essa ideia ou esse projeto que precisa esclarecer, está dando o primeiro passo para em breve, tudo sair da cabeça para o papel ou para o digital, onde você for trabalhar. Aí pensamos que é mágica, ah... mágica. É muito esforço de trabalho e transpiração, colocar nossa criatividade para aflorar. Mas é um exercício que dá certo. Tente, e depois me conte!

6 | Faça acontecer!

Uma sugestão legal, se você já se sente animado em se jogar sobre a ideia e/ou projeto para esclarecê-lo de uma vez por todas, é fazer o planejamento do projeto. Relacionar melhor os resultados que espera, os princípios o projeto, a visão, fazer o brainstorming de ideias (em cima da ideia original) para definir mais claramente o caminho para enfim detalhar melhor o passo a passo que irá seguir, até alcançar o resultado que espera com o projeto. 

Uma sugestão é seguir esses passos, mas você pode incluir mais itens, se desejar. Esse 7 são bem abrangentes e te darão muita clareza sobre o que pretende fazer e porquê, pode ser feito no formato de mapa mental ou lista mesmo. O importante é conseguir escrever claramente sobre, e colocar em prática!

  1. PROJETO (nome do projeto chave)
  2. PROPÓSITO (objetivo, porquê?)
  3. PRINCÍPIOS (regras orientadoras, o que ele precisará ter como base, essencial para que dê certo)
  4. RESULTADOS DESEJADOS (visão, missão)
  5. BRAINSTORMING DE IDEIAS (mapa mental)
  6. ORGANIZAÇÃO (listas, planos detalhados, seu mapa guia do projeto)
  7. PRÓXIMAS AÇÕES (as tarefas e passos que irá seguir para tornar ele real) 

Seja criativo!


7 | Ei, Psiu: já falei sobre criatividade por aqui!

Textos/vídeos antigos do blog que servem de complemento a este post, só dando uma pincelada mais diretamente no assunto criatividade:

Um artigo muito legal que encontrei sobre Criatividade, com conceitos bacanas, e dicas práticas para se tornar uma pessoas mais criativa, vale a pena conferir! Como bem você percebeu até aqui, ser criativo não é um dom, assim como a organização, é algo que pode ser aprendido e desenvolvido, desde que você defina hábitos para isso! E tudo como sempre termina em ter atitude!

Enfim, espero que com essas dicas, você consiga desenvolver melhor sua criatividade! Agora, me conta aí: tem alguma experiência para acrescentar nesse sentido, sua estratégia pessoal para estimular seu lado criativo?! 

Nenhum comentário:

© Copyright 2019 | Edeltraut Lüdtke | Proibida reprodução do conteúdo deste blog sem permissão. Tecnologia do Blogger.