Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

23 de março de 2019

Como foi o primeiro curso do GTD Nível 3 - Foco e Direção (no Brasil)?

No último sábado (dia 16/03/2019) aconteceu a primeira turma do nível GTD - nível 3 - Foco e Direção - em São Paulo/SP, e desde que fiquei sabendo da novidade, já estava inscrita. Como iria perder essa oportunidades de conectar os pontos, e me certificar de que estou no caminho certo no meu entendimento de GTD, sim ou não?! Estava lá, e fiz parte desse momento épico. Não gosto de contar novidades antes por precaução, vai que acontece alguma coisa? Prefiro contar os fatos depois de realizados! (ao final do post tem o vídeo que gravei posteriormente no canal!)

PS: o post O que o GTD mudou na minha vida é complementar a este texto. Pode auxiliar a entender, se acabou perdendo a minha saga em algum momento, pois não fico falando sempre sobre o assunto por aqui.

Senti-me muito mente clara como água essa semana, pois a viagem estava planejada nos mínimos detalhes desde dezembro/2018. Isso é GTD minha gente, isso é GTD, como diriam as colegas de curso! Meu marido: "Já sabe como irá? Onde ficará?" Tudo sob controle, meu bem. O foco é repensar na vida e nos próximos planos - UAU - esse ano está muito intenso! Sem turismo em SP desta vez, porque a cabeça estará noutro lugar.

Como eu não estaria ansiosa para um acontecimento desse? Como não perder o sono e ficar tipo canguru saltitante para lá e para cá na semana que antecede o evento? "Falta 1 semana". Um pouco eu fiquei, sempre bate um nervoso nessas horas, perdi o sono nas últimas noites, mas ficou tudo bem, dentro de uma normalidade em se tratando de Edeltraut.

Quando acordei na manhã do dia do curso em São Paulo me senti diferente: é hoje. Quando cheguei no local do curso um recadinho interessante nos chamava bem-vindos: ENCONTRO DOS FAIXA PRETA. MENTE COMO ÁGUA. Eu fiquei sorrindo sozinha, para mim mesma, durante todo o dia.

Encontro dos Faixa Preta - Mente como água

Desde 2015 estou estudando e implementando o método GTD na minha vida e no meu trabalho. São mais de 4 anos de estudo autodidata, cursos e troca-troca com quem curte e também usa, além de muitas mudanças. Porque GTD é pra vida. Quem já está num nível mais avançado do negócio dá para se considerar faixa preta. Como? Eu?! O quê? Faixa preta. Certo, vou parar, mas essa frase causou só um leve impacto.

Não tem nada mais louco e incrível do que estar junto de pessoas que falam a mesma língua que você, e parece que já se conhecem desde o jardim de infância. Acabamos de nos conhecer, mal conseguimos dizer todos os nomes dos colegas que estavam sentados na mesma mesa (desta vez anotei no livro!), mas tenho certeza de que as ideias que compartilhamos não esqueceremos. Os testemunhos dos alunos no dia, as companhias no almoço e nos intervalos do café. Foi muito legal. Quando chegamos no local do curso, de repente começou um bate-papo que até perguntei se já se conheciam dos outros níveis, porque pareciam grandes amigos trocando receitas. Foi muito hilário. "Não, nos conhecemos agora!".

A minha expectativa com o curso era trazer luz, clarear, esclarecer mais, e ela com certeza foi atendida. Fiquei feliz por perceber que minhas análises estão em sintonia e bem integradas, e que é muito mais simples do que insisto em complicar. Já trouxe meus horizontes mais elevados (propósito e princípios, visão, objetivos e metas) previamente esclarecidos, só bati o martelo: é isso mesmo, e enchi com mais cor, vinho e chocolate.

Curso Nível 3 do GTD - Foco e Direção

Uma coisa que me agoniou um pouquinho, foi de compartilhar alguns exercícios de visão. Eu queria mergulhar no meu sistema, nos meus mapas, e não ter de ficar explicando nada para ninguém. Mas tivemos exercícios nesse sentido também, então, o jeito foi dançar conforme a música. Não dá muito tempo para fazer grandes revisões, mas com os exemplos práticos que temos unidos a teoria temos uma nova visão do que fazer, se ainda não conseguimos elaborar nada direito.

Agora, o que me deixou feliz mesmo foi perceber a sacada do leme do barco - não precisamos mais pensar em ficar no controle, com perspectiva - já estamos aí! Já é piloto automático as etapas do fluxo de trabalho, a percepção dos níveis de trabalho, essa definição de projetos conforme nossas áreas de foco e tudo o mais. Isso é para ser aprimorado sempre, numa facilidade e num entendimento que não se tem no começo. A gente acha que tem. A gente acha. Melhor achar menos, e buscar entender sempre mais, e não parar nunca.

O que vou dizer agora é muito clichê e óbvio, mas é a mais pura verdade. Desde o começo ouvimos do Daniel - faça o mais simples possível. A Thaís simplificou muitas coisas, e compartilhou exemplos lindos de como ela tem feito, até no blog e no canal dela, só pesquisar por lá. Hoje eu consigo entender de outra maneira, com um olhar descomplicado, mesmo que às vezes com receio de descer o pincel no desenho e começar a pintar, o desenho fica só no lápis, que dá para corrigir e mudar. A cor vem um pouco depois, e está ok também.

No último mês de fevereiro eu estava assistindo as aulas online do curso nível 2 - Projetos e Prioridades que fiz em agosto/2018, então, já havia mergulhado nessa reflexão e feito muitos registros, listas e desenhos. As coisas começaram a se encaixar e o que era uma folha em branco, de repente se tornou um desenho - o GTD até me fez desenhar, vejam só!

Minha visão - Horizonte 4


Como escrevi no feed do instagram:

"O GTD desperta até a artista (versão desenhista) na gente! Visão - planos a longo prazo (mais de 5 anos) no formato ilustrado! O bacana é perceber que muitas coisas que queríamos lá atrás já são reais, e queremos que continuem assim! Fiquei muito feliz de conseguir fazer isso! O insight já veio antes do curso, lá só confirmei: é nessa direção que o leme precisa ir, mesmo!"

Eu me comprometi comigo mesma esse ano, em escrever menos, e acertar todas os gaps da minha vida, que passam batido quando me encho de coisas para fazer - por mais sentido que façam para mim. Não vou compartilhar só por compartilhar, falar só por falar, escrever só por falar. Se bater a Edel improvisation, taca uma maquiagem em 5 minutos na cara, pega o celular, liga a câmera e vamos lá. Ou abre a nota no evernote e desembucha. Depois você organiza como colocar aquilo em ordem que seja compreensível e faça sentido. Ou deleta se for bobeira.

Pior que tanto a exposição demasiada ou o recolhimento em si mesmo viciam. Às vezes oscilei entre os dois extremos, e agora estou me sentido em cima do muro, mais caindo para o lado - compartilhe o realizado que está planejado e sendo executado. Agora sobre esta realização não poderia deixar passar batida. É um sonho realizado! Queria me sentir mais a vontade para compartilhar meu sistema por aqui, mas ainda não me sinto não. Por isso, e pelos conteúdos do blog terem muitas vertentes, acabo guardando ele somente para mim.

Faixa Preta - agora é com você!

Em 2015 era uma visão distante, depois se tornou objetivo, projeto, foi para lista de próximas ações, para o calendário e enfim, agora posso dizer - "a especialização no método GTD" está concluída - objetivo alcançado, meta cumprida antes do prazo (dez/2019)!

Obrigada a todos que me ajudaram a realizar esse objetivo - instrutores e colegas - ensinando, compartilhando, vocês que me provocaram com dúvidas e eu comecei a falar sobre o assunto, e a família, que ainda não entende o que é o GTD exatamente, mas já sabe que cada um tem suas rotinas, suas caixas de entrada, e é incrível como tem foco no que realmente importa (para eles, claro!)!
 
Em casa, durante a semana fiz outro recadinho para lembrar sempre, e olha, é pura lei! FAIXA PRETA. AGORA É COM VOCÊ!

Para isso que estamos aí. Porque se antes não sabia muita coisa, como dizia meu sobrinho há 9 anos atrás "agora eu sei".

É o começo de um novo ciclo.

Como foi o primeiro curso do GTD Nível 3 - Foco e Direção (no Brasil)?



❤ 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

❤ GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!