Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

26 de outubro de 2018

O Brasil grita socorro: faça a sua parte!

| Só há um caminho. Talvez não o melhor, mas o único que hoje poderá organizar essa bagunça que se encontra nosso Brasil. Sem ordem não há progresso.

O Brasil grita socorro: faça a sua parte!

Que caos minha gente, que caos. Crônicas da Edel existe aqui no blog desde sempre para me expressar sobre diversos assuntos, em vez de extrapolar depoimentos que ficarão perdidos no feed do Facebook ou Instagram. Deveria mesmo era gravar um vídeo no estilo Fala Edel, e tive vontade de fazê-lo nos últimos meses, mas me sinto mais a vontade em escrever sobre assuntos que não domino com tanta propriedade como um professor de história. Mas o que tudo isso tem a ver, porque agora? Antes tarde do que nunca.

Ontem refleti e percebi que já perdi a vergonha para muitas coisas, mas ainda não para tudo o que deveria. Creio que Deus está puxando meu tapete para me despertar, apesar de continuar fazendo de conta que a soneca ainda não terminou. Ele tem me provocado de diversas maneiras para acordar, e falar, e fazer, mas como disse, tenho me feito de sonsa. Tipo Moisés dizendo "Ah, Senhor, mande Arão no meu lugar, não sei falar sobre isso".

Vamos lá. O tema é Brasil, ideologias subliminares, religião, política, eleições. Temas nada polêmicos. Como sempre, quase nos últimos momentos, para ser bem coisas da Edel que nem para tudo se antecipa, e tira tempo para se pronunciar. Irei me condenar se não escrever algo sobre isso, hoje, agora!

Não basta um artigo genérico como Vem pra Rua, lá de 2013, que ainda vale para hoje e para sempre. Não basta escrever sobre Eu escolho ser Não Conforme, e sutilmente em diversos artigos espalhar sementes de sensatez e perspicácia. O tempo agora é de decisão, de mudança, e tomara que desta vez valha a pena.

Sempre amei aulas de história, para entender o que os livros não contam, a mídia esconde, e as novas ideologias tentam nos enfiar goela abaixo. Como se fôssemos ignorantes, robôs, e tivéssemos de engolir o que vem de cima, de quem pode gritar mais alto. É isso que a influência digital nos dias de hoje faz, com um poder assombroso, e nem todos estão influenciando positivamente conforme os próprios valores.

Fico chocada com isso! Comigo mesma, por não aproveitar as oportunidades, com o silêncio de muitos, e se dizem por aí "quem cala consente", não dá para calar numa hora dessas. Fico chocada também com o que a fama, o dinheiro e a falsa ilusão de "somos pequenos deuses" faz na vida das pessoas. Isso assusta, e faz a gente pensar: todos que chegam lá ficam assim? Em vez de influenciar, são manipulados por essas três forças, sem mais discernir com seus próprios neurônios e valores?

É evidente que valores estão deturpados, e moral já não mais existe. Quem é cristão nos dias de hoje é um ser não conforme, ridicularizado, que por mais livre que seja em Cristo, único que pode nos dar a verdadeira paz, não pode ser livre para expressar a mensagem de Deus. Porque ela é careta, preconceituosa, homofóbica, racista, e família aos moldes de Deus é algo da Idade Média, não de nossos tempos atuais.

Parece que Deus não criou só Adão e Eva, acho que os escritores esqueceram de registrar na Bíblia os demais gêneros, que gafe, não? Queridas mamães, se a dúvida entre "é menino ou é menina" já nos deixava ansiosas na gravidez, imagine quão desatualizadas estávamos, diante de tantos gêneros diferentes que poderão nascer nossos bebês. Quem poderá nos esclarecer sobre isso?! Se isso não é o caos, é o que?

Deus criou um mundo organizado, para que o ser humano vivesse feliz e em paz com seu Pai de Amor. E o que o ser humano faz? Bagunça tudo, complica, inventa e quer ser deus em seu pequeno mundo. Duvida da própria sombra, põe dúvida onde só pode ter certeza, culpa Deus pelo caos. Tira uma soneca espiritual, e deixa Deus lá no cantinho dele no céu, não fazendo parte da sua vida.

Homens e mulheres já não fazem mais muita questão de se casar, no civil ou recebendo a bênção de Deus, como é a ordem natural das coisas, para organizar as bagunças que criamos. Assim é mais fácil e prático separar. Se os casais ditos como normais estão pouco ligando para isso, porque os casais que saem fora deste modelo fazem tanta questão de exigir legalização de seu casamento? Sejam felizes, um papel não segura o casamento, e uma bênção por um ministro religioso  é só mera formalidade! Se isso não é uma afronta a moral é o que? Se isso não é o caos, é o que?

Não acredito que o mundo irá melhorar muito nesse sentido, e de repente, começar a andar na linha e dentro dos conformes. Vivendo com liberdade, em vez de promulgar a libertinagem, que é muito diferente. E é essa liberdade de expressão que está aí: libertinagem, sem senso de moral, sem respeito ao outro, somente às suas próprias ideologias. Pessoas afirmando #elenao e #elesim sem nem se dar por conta do que está por trás disso, afinal, vamos surfar na onda, refletir sobre isso dá mais trabalho!

O mundo está um caos. Governar um país nesse contexto é patético, missão para super-herói. Só que Super-Homem e Mulher-Maravilha na vida real são imperfeitos, cheios de erros, pecados, duas caras, hipócritas talvez, quem nunca foi? Ah, conta outra. Tentam acertar, mas agradar não deve ser a motivação de ninguém.

É de agradecer a Deus quando alguém se propõe a colocar ordem nessa bagunça. Dói ouvir verdades? Dói. Dói ver que somos todos iguais, com erros muito parecidos? Dói. Só mudam as consequências minha gente, só muda isso. Quando alguém rouba, isso se comprova, a pessoa é condenada e vai presa, agora com quem dá falso testemunho contra o seu próximo acontece o que? Se não há provas, não acontece nada, e a criatura já nem mais sabe o que é verdade ou mentira, mas continua mentindo, até que se prove o contrário. Um pecado (erro) não é menor do que o outro, só mudam as consequências, só para dar um pequeno exemplo.

Homens e mulheres, gays e lésbicas, brancos e negros, índios e estrangeiros, cristãos e não cristãos, pessoas religiosas ou ateus, todos merecem respeito, sim, mas o limite de um vai até onde começa o limite do outro. Cristo não fez diferença entre pessoas, andou com todo tipo de gente, muitos discriminados na sua época. Psiu, não comentem muito alto, mas ele levou a palavra para todos eles, em respeito e amor. Agora, a propósito, pisar na cruz de Cristo e queimar Bíblias, não vejo uma forma justa e receptiva de exigir respeito, com todo respeito.

É hora de escolher, para valer, mudar ou dizer "vamos afundar todos juntos na miséria". Que o socialismo e comunismo de Cuba e da Venezuela fiquem bem longe do nosso país, é para lá que estamos indo, se uma mudança radical não acontecer, e não sei como algumas pessoas ainda não acordaram para esse fato! "Vamos crescer todos juntos na riqueza!" como bem falou Tiago Fonseca.

Se você deixar que os outros escolham por você estará sendo covarde, depois não adianta protestar no VEM PRA RUA de outrora. Isso nem mais será permitido como foi até então, você não terá mais voz. Pessoas que soltam o verbo para falar a verdade serão censurados, como o canal de Diego Rox Oficial. Em vez de ficar discutindo e perdendo tempo no Facebook as pessoas deveriam é buscar mais conteúdo de qualidade no YouTube e outras fontes confiáveis.

Se você estava julgando ter as piores opções de candidatos possíveis nas eleições 2018 para o primeiro turno, veja bem quem foi para o segundo. Analise mais a fundo, olhe para trás, entenda a história, veja o que está escondido, e a ideologia subliminar que está sutilmente sendo imposta, há anos. Acorda Brasil!

Só há um caminho. O Brasil precisa mudar. O Brasil somos nós. Dia 28, que o Brasil vença. 17. Jair Messias Bolsonaro. Talvez não o melhor, mas o único que hoje poderá organizar essa bagunça que se encontra nosso Brasil. Sem ordem não há progresso! Chega de caos, chega de libertinagem, chega de ideais comunistas e socialistas. Por um país livre e verdadeiramente democrata. "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos".

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

❤ GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!