30 de janeiro de 2018

7 filmes que me ensinaram grandes lições!

Décimo Primeiro Post do Desafio Pintando o 7 com TE da série de 12 posts, durante 12 meses. Refletindo sobre 7 filmes que me ensinaram grandes lições! Conheça minha proposta e participe você também!
 
7 filmes que me ensinaram grandes lições!

Percebi ao escrever esta lista que preciso resgatar e atualizar minha lista de filmes preferidos! Já assisti vários, amei muitos, não anotei nomes, não fiz resenhas, eles somente fizeram parte de momentos únicos, mas ficaram lá atrás, sejam dias, meses ou anos. Foram tantas histórias, tantos nomes, tantas músicas, e se não escrevo, logo esqueço, pois não sou boa mesmo em memorizar essas coisas. Antes de sermos pais assistíamos muito mais filmes, depois demos um tempo bem longo para cinema e filminhos, essa é a verdade, e há pouco tempo que começamos novamente a resgatar esse bom programa! Na tag de hoje ficará evidente e terei de reconhecer de que sou uma romântica de carteirinha. Sou! Digo que não, mas sou. Quase só lembrei de comédias românticas e afins para a minha lista dos 7 filmes que me ensinaram grandes lições! Veja ela aí!



1 # Como eu era antes de você.
Esse foi o filme mais impactante que já vi na vida. Escrevi uma crônica só para ele, pois acho que foi a história que mais amei de todas que já conheci. Todas pessoas já viveram ou viverão um amor platônico, esquisito e complicadinho na vida. Ou pelo menos 98% da humanidade. Se você está nos 2%, não entenderá nada. Nessa crônica comento sobre as 10 lições que aprendi com Will e Clark, então este post dispensa mais comentários. Simplesmente amei. Muitas pessoas me disseram que estavam indo comprar o livro! Ficou instigante mesmo.

2 # O último presente.
Presentes nem sempre são valorizados quando não se luta por eles, quando não se batalha para conquistá-los, quando são recebidos sem o mínimo esforço. Este filme tem um suspense interessante e cada presente recebido ensina uma lição. Então é uma história com grandes lições. Vale super a pena assistir!

3 # Julia & Julie
Apaixonei-me por esse filme por causa da história da jornalista criar um blog e aquele lance do desafio de todo dia recriar uma receita nova da famosa chef de culinária, de repente em 1 ano a vida dela ser transformada com esse "trabalho". Só que claro, é filme. Na vida real, não sei se os 52 toks de organização e decor ajudarão muitas pessoas, se farão a galera se engajar, comentar, e interagir, mas que darei uma chacoalhada nessa balada aqui, isso eu vou! Tô carente de apoio efetivo e palavras, você poderia comentar e compartilhar, hein?

4 # História de nós dois.
Esse filme é tão antigo como nossa história, Jack e eu. Assistimos ao filme no início da nossa vida de casados e foi muito marcante. Não vou descrever o contexto da época, mas a lição do filme: vale perdoar mil vezes, reconhecer que se um não quer dois não brigam e que acima de qualquer coisa é essencial haver a reconciliação na vida a dois. Vale a pena uma história de altos e baixos, sim. Vale a pena uma história com passado, presente e futuro, sim. O casamento sempre valerá a pena.


5 # Amor.com
Esse é um filme brasileiro (?), lançado recentemente e que me fez enxergar o que vale e o que não vale a pena nesse jogo de ser blogueira de alguma coisa. Já fiz besteira? Fiz. Muitas. Só não quero esquecer (mesmo) que tem muita coisa nesse universo (e em outros universos) que não conversam com meus valores e não vou mudar nenhum deles por algo que desacredito. Nem que para isso tenha de ter outro trabalho paralelo para não viver somente de ilusões.

6 # As 7 regras do amor.
Quando o filme começa com aquela lengalenga clichê em torno do Brad Pitt quase dá náuseas. Quase tive 99% de vontade de escolher outro filme. Depois dá uma reviravolta legal e aí vem a lição legal, básica, simples: não existem regras, o que existe é ser você e ter do seu lado não alguém perfeito, mas alguém parceiro que deixa você ser você e não te reprime por isso. Esse filme cai bem para os que desacreditam o amor e defendem que o amor não muda as pessoas, que amor é mimimi. 

7 # A incrível história de Adeline.
Sei que rola um pouco de ficção, imaginação e até romance nessa história, mas o legal que levei para mim com esse filme é que é bom envelhecer. É saudável. É a ordem natural das coisas. É confortador. Especialmente se você tem um companheiro ao seu lado para compartilhar a vida, e envelhecer com você, e esse cara é o amor da sua vida. Não é vida viver jovem para sempre, ver o mundo mudar, e você continuar estacionado no tempo. Forte, saudável, inabalável.

Assim finalizo minha lista, e como disse no início, provavelmente não fui plenamente justa nesta escolha, pois tem filmes maravilhosos sendo produzidos, e com histórias sensacionais. Mas regra é regra, e aqui, pelo menos, quis ficar nos 7, bem, os 7 que me lembrei, 😀. Quais filmes são os seus TOP 7? Me conta, pois quem sabe não tenha assistido, e inclua na minha lista de "para assistir", que essa eu tenho!

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!