Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

31 de dezembro de 2017

7 resoluções de ano novo permanentes feitas sob medida para mim!

Dezembro é mês de traçar metas? Bem, nunca gostei muito de refletir sobre isso na correria de dezembro, só pra ser diferente de todo mundo, e porque não consigo priorizar tempo para isso mesmo,  neste mês. Como estava louca para gravar a série Pintando o sete com TE em vídeo, me joguei e fiz o primeiro. Nesse mês mesmo, que é quando as pessoas em geral falam em resoluções e metas, e um mês depois já esquecem tudinho. As minhas resoluções estão estampadas na minha cara, no Mural de Inspirações o ano inteiro, então... devo ter dado uma melhoradinha nos últimos meses. Foi uma baita ajudinha ter essa colinha sempre saltadas aos olhos todos os dias, para não esquecer mesmo! Embora qualquer sinceridade de minha parte seja motivo de mimimi, não sei, as pessoas não me entendem mesmo, então, paciência, e bora lá conferir o vídeo! Que venham mais 365 dias, recheados de alegrias, dificuldades, tristezas e facilidades, pois assim é a vida.

7 resoluções de ano novo permanentes feitas sob medida para mim!


30 de dezembro de 2017

Retrospectiva 2017 no blog Transformando Espaços

Desde 2015 tenho feito Retrospectivas aqui no blog, e em 2016 organizei ela de forma diferente, no estilo de tópicos com três perguntas especiais: com que palavra você define seu ano, que atitudes você precisa mudar em sua vida no próximo ano e que conquistas e realizações você teve no ano que passou. Em 2017 coloquei em prática já no início, ajustando o foco, para no final do ano avaliar se consegui manter ou não. O texto que escrevi ao relembrar de 2017 foi esse, e tem tudo isso aí misturado nesses parágrafos sinceros e profundamente verdadeiros. Cada vez consigo ser mais real, não sei se isso agrada ou desagrada, só sei que é assim que eu sou. Num vídeo não conseguiria dar tantos detalhes, e as imagens não retratariam tanto assim o coração, só sorrisos e alegrias. Às vezes é bom escrever... 

Retrospectiva 2017 no blog Transformando Espaços


Comecei o ano bem pra baixo, como se estivesse perdida, sem saber em que porto deveria atracar meu barco. Sentindo um vazio enorme, me questionando o sentido do que vinha fazendo. Olhava minhas metas, objetivos, sonhos e já não sabia afirmar com certeza se era aquilo que realmente queria. Elas estavam confusas, tortas, indecifráveis. "O que afinal faz sentido para mim?"

Assisti o curso da Thais bem desanimada. Só que uma luzinha acendeu lá dentro do coração: foque no trabalho. Comecei a desenvolver ideias para o blog, e é só olhar para trás o booommm que fiz aqui depois. (se quiser conhecer um resumo dos melhores posts do ano confira as Avaliações Trimestrais 1  2  3 e 4!) Em todos esses anos nunca me dediquei tanto como em 2017. Não só para o blog: para a vida, para a casa e para o trabalho, que vai muito além de deixar esse espaço com conteúdo legal e imagens bonitinhas (isso realmente eu falhava). Enfim, comecei a corrigir diversas falhas e a cometer outras.

Um pouco depois, no começo do ano também, peguei minha agenda velha e comecei a desenhar a roda da vida, as 8 áreas e uma palavra chave para cada uma delas. Defini meu foco do ano. As três palavras que norteiam minha vida. ESSENCIAL foi o termo mais marcante, minha palavra-chave. Lá atrás achei que isso fosse somente para 2017, mas sinto que é um mapa que criei para minha vida. Só fui entender melhor esse mapa depois...

Em janeiro mesmo fiquei sabendo do curso nível 2 do GTD | Projetos e Prioridades e logo disse para o meu marido: isso não é coincidência, é agora que eu vou entender esse negócio. A meta era fazer até dez/2018, já risquei da lista no primeiro trimestre desse! O curso foi maravilhoso e é incrível poder afirmar que se consegui chegar até aqui e ter coragem para dizer e fazer tudo isso, é por causa do GTD. Deus faz os milagres na nossa vida, mas as atitudes de fazer acontecer precisam de nós. Deixe o volante do GTD guiar a sua vida enfim saiu, e não dá para expressar minha gratidão por ele ter sido publicado lá no Vida Organizada algum tempo depois.

Porém quis abraçar o mundo em 2017. Fazer projetos para agradar a outras pessoas porque era isso que o padrão dizia para ser feito, e porque é assim que as pessoas fazem. Criar para vender, afinal chegou a hora de parar de divulgar de graça. Eu queria me jogar aqui e no canal, mas quase fiz a curva "querendo" ser palestrante, professora e consultora. Trabalhar num universo real não muito interessado na minha mensagem. Sabe quando a vida te dá um tapa na cara e você dá o outro lado para os dois ficarem vermelhos? Assim estava eu. Os workshops foram um fracasso pois nem o primeiro do ano saiu. Minha meta louca eram 7. "Mas Edel, porque você não continuou tentando?" Nem de graça eu teria público para me assistir. Perderia tempo, dedicação e dinheiro. Redirecionei meu foco para outro lugar: o canal Transformando Espaços. É através dele que levarei minha mensagem adiante.

Mais uma vez me senti um grão de mostarda. Só que esse baita fracasso me fez olhar para minha roda da vida e enxergar o essencial que tanto estava procurando. Demorou um pouco para caírem as fichas, pois senão não seria a Edel, mas caíram. Quando tudo deu errado, como se estivesse tudo perdido mais uma vez (essa foi a segunda vez no ano), me joguei novamente onde? Na minha vida, na minha casa e no meu trabalho. Então, nesses momentos que não foi coincidência, vocês me diziam alguma coisa legal que levantava a minha anteninha: ops, não estou mais sozinha aqui no blog nem lá no canal! Não posso surtar, mesmo. Não sou mais só eu que está aqui. Tenho vocês, só que às vezes esqueço disso.

Ignorei, achei que não precisávamos falar sobre isso. Talvez tenha ficado um clima estranho, e para falar de 2017 não daria para continuar deixando quieto. Pois aquele lance chato foi esclarecedor demais para o que eu realmente quero continuar fazendo. Esclarecedor demais por me mostrar que tenho motivos bem fortes para ser muito agradecida: um marido parceiro, amigo e muitas outras coisas mais; dois meninos lindos que animam qualquer baixo astral; uma mãe que é um anjo na minha vida; pessoas que conheço e desconheço, mas que estão fazendo o blog e o canal crescerem: vocês!

Esclarecedor também por me mostrar que o melhor lugar de trabalhar ainda é perto da muvuca que eles fazem aqui do lado, quando gravo, edito ou escrevo. Que o trabalho dos meus sonhos não está em trabalhar viajando pelo mundo sem destino certo, longe deles (com outros barulhos realmente chatos me azucrinando - preciso do silêncio das madrugadas ou do canto dos pássaros), ou num lugar aqui perto (ou bem longe), mas no melhor lugar do mundo de se estar e viver: a minha casa. Ela (a casa), eles (os 4) - já dão trabalho suficiente sem nem necessitar inventar mais nada na vida, rotinas das quais pouco comento, pouco mostro, sem falar noutros projetos que não são menos importantes.

Por isso digo: organize sua casa. Quando tudo estiver perdido, busque forças e organize sua casa. Vá devagar, não queira registrar tudo em foto e vídeo para o YouTube ou para o stories. Viva esse processo, só você. Quando você menos perceber sua vida terá mudado, e não só sua casa estará organizada: sua vida & trabalho também. Minha vida estava uma bagunça e hoje posso dizer que não está mais. Estou destralhando muito mais e não deixando entrar o que não faz sentido para mim. Quando uma voz interior implora: "ah, qual o problema de deixar isso entrar?", a voz da sabedoria fala mais alto e diz NÃO, aqui não tem lugar. Sacou o clima? Então você não perde por esperar, que 2018 está vindo com tudo! Tudo no lugar e com uma blogueira que está louca para escrever, falar, e fazer muita coisa boa acontecer! Porque organizar é essencial e... o melhor ainda está por vir!

27 de dezembro de 2017

Quero me separar...

Escrevi este texto há mais ou menos 1 ano e meio. No próximo sábado Jackson e eu completaremos 17 anos de casados. É muito íntimo compartilhar o que escrevi sobre isso, é muito coração e alma, por isso faltou coragem e ficou escondido por tanto tempo. Com esse título martelando na minha cabeça, sei que muitos por aqui talvez passem pela mesma situação, esse ano, decidi escancarar. Por favor, depois de ler o monólogo, peço força e apoio nos comentários: tenho ou não tenho razão? Pouco importa a essa altura também quem tem a razão... (tudo o que estiver riscado é adicional ao texto original)

Quero me separar...

Há 6 meses meu marido e eu completamos 15 anos de casamento (30.12.2015). Naquele período de fim de ano sempre são tantas emoções que não consegui escrever nada, queria primeiro ler algo que meu marido me escrevesse, gosto disso, isso para mim é um grande presente. Já havia escrito para ele "15 razões pelas quais me casei com você" 6 meses antes, dei diretas e indiretas para dar sua resposta, mas nada. Não recebi as 15 razões dele, até que desabafei no face a última indireta, reforçando que não era para tornar público algo só nosso, como eu também não o fiz (ainda). E ele me escreve, no face, sabe o quê? Que deseja se separar. Sim. Quem acompanha meu perfil no face deve ter visto nossa "briga" de palavras. (provavelmente não lembre mais, faz tanto tempo...)

Ele não é escritor, mas me dá cada insight maravilhoso para escrever que vocês não tem ideia. Como esse aí: quero me separar. Isso é declaração que se faça? As palavras tem poder, e comecei a concordar com ele a partir dali. Que se explodam as 15 razões.

Porque quando você diz que deseja fazer uma mudança radical na sua vida, a pessoa supõe que você vai se separar? Porque é a coisa mais normal do mundo, em vez de mudar para melhor, cair na cilada de achar que vai ser diferente com outra pessoa. Feliz ou infelizmente, tive de dar razão para meu marido: também quero me separar.

Quando a gente casou há 15 anos atrás éramos dois chatos, inexperientes, iludidos, inocentes, como duas malas poderiam dar certo? (milagres de Deus...) Ele destruía meus sonhos e eu cortava as asas dos dele. Cada um pensava na própria realização como se soubesse o que seria melhor para o outro. Casamos para construir um casamento diferente, para sermos felizes. Ele era falante e extrovertido com os outros e um homem sem palavras comigo, além de que tinha a péssima mania de falar por mim. Homem das cavernas, era isso que sempre era: até há pouco tempo atrás. Viciado em trabalho, idem. Eu? Já contei que não era nenhuma mulher maravilha: era fresca, cheia de mimimi, chata, tipo a mulher de provérbios. (a reclamona).  Sem comentários, vocês devem ter ideia de como uma mulher assim se comporta.

Meu marido foi louco de se casar comigo. E eu louca de ter me casado com ele. Um poço de paciência com um poço de irritação e espírito crítico. Depois que vieram os filhos, quando a gente "achava" que agora estava tudo bem, aí é que veio à tona tudo outra vez. Enfim, dá pra continuar casado desse jeito? Onde está o tal casamento diferente que construiríamos? Que exemplo iremos deixar para nossos filhos? Faça o que eu digo mas não faça o que eu faço? Se até então não tínhamos entendido o que é priorizar o casamento, com a chegada dos pequenos entendemos. Especialmente do segundo. Não tinha mais como continuar assim.

Acontece que a gente cansou dessa rotina estressante que destrói os casamentos e relacionamentos aparentemente mais sólidos. Deus fazia parte de nossa trança ou triângulo amoroso (eu, ele e Deus), como poderia dar errado?

Tive de concordar que temos todos os motivos do mundo para nos separar de tudo o que nos atrapalha e faz a gente perder o foco no propósito do casamento e na vocação para a qual fomos unidos por Deus: companheirismo, intimidade e educação dos filhos. E foram também esses lindinhos que nos mostraram isso: eles não vem para nos atrapalhar, para tirar o sono, para perder algo que ainda tem tínhamos realmente conseguido construir: o tal casamento diferente.

Perfeito? Não, esse não existe. Não é um desafio nada fácil, por isso Deus continuará na nossa trança, no nosso quinteto amoroso, corrigindo, sexteto se incluirmos a vó nele. Com ele sim, é possível. Passamos a vida ouvindo conselhos e repreensões, aprendendo com os erros e acertos nossos e dos outros, temos na bagagem todos os segredos para construir um casamento diferente. O que precisamos? De atitudes diferentes e sábias. Se estivermos nos sentindo mais de bem com a vida, vivendo a própria vida não a do outro, na sua sombra, seremos mais felizes. É mais simples do que pensamos. 

Certas coisas na natureza feminina mais atrapalham do que ajudam, o mesmo vale para os homens. Cada casal precisa encontrar o meio termo, e mudar sim, um com o outro. A Edel que vocês conhecem hoje não é a Edel que o Jackson conheceu, temos traços influenciadores um do outro. Eu fiquei mais falante, ele aprendeu a ouvir. Eu aprendi a ser mais paciente, ele ficou mais organizado e aprendeu a cantar (palmas!!!). Ele entendeu que precisa planejar melhor o que deseja e eu que preciso fazer o que planejo.

Resumindo, os dois aprenderam a ser mais felizes! A paixão passa, é intensa, egoísta, louca e surreal, mas o amor permanece e constrói. Nossa decisão é unânime: nos separar de tudo que atrapalha nossa felicidade. Acreditamos ser uma sábia decisão!

"O amor nunca desanima, porém suporta tudo com fé esperança e paciência. O amor é eterno."
2 Co. 12.5

26 de dezembro de 2017

Tour pela Sala de Jantar | Casa de Personal Organizer

O terceiro TOUR é na minha sala de jantar. Se na cozinha eu mudaria as cores para deixar o ambiente mais alegre e colorido, na sala de jantar não mudaria mais nada, pois o amarelo já mudou radicalmente a cara do espaço! Noutro momento mostro como era, e que contraste essa cor Quindim da Suvinil deu no ambiente! Essa foi a única mudança que fiz aqui, uma simples cor, fazer toda a diferença, isso que eu chamo de decorar gastando pouco! Fazendo um raioX do meu espaço, vocês podem conferir que:

A parede amarela é o destaque da sala de jantar, alegra o ambiente, e combina que só ela com a cristaleira antiguinha e a estante de aço laranja, mais cara industrial. É mistura total, com a mesa rústica, própria para área de lazer, cadeiras antiguinhas e as amarelas mais moderninhas, as prateleiras e aparador com linhas retas, e objetos que não sobrecarregam o ambiente, mas cada um conta uma história, algumas bem antigas! A cortina de blecaute preta separa o ambiente do hall que dá para a sala de estar/TV, para o home office e para os quartos.


Planta baixa da Sala de Jantar

Planta baixa da Sala de Jantar


Tour pela Sala de Jantar | Casa de Personal Organizer


Tour pela Sala de Jantar | Casa de Personal Organizer



Mais posts:

Confira aí mais posts relacionados a minha sala de jantar com cada cantinho em detalhes:

  1. Como organizo minha cristaleira antiga.
  2. Minha mesa de jantar da MMM.
  3. Estante laranja.
  4. Cadeiras antigas.
  5. Cristaleira antiga.









Eu ainda estou apaixonada pelas mudanças que fiz na minha sala de jantar nos últimos meses, que foi essa parede amarela e as cadeiras da mesma cor para os meninos. É um ambiente que passamos tanto tempo juntos em família, tem de ser agradável e alegre! Espero que você tenha gostado, e também se inspire a organizar e decorar seus espaços com amor! 

23 de dezembro de 2017

Avaliação 4º Trimestre 2017 - Blog Transformando Espaços

Fala aí Edel, como você avalia a produção de conteúdo do blog e do canal do YouTube no período?

Avaliação 4º Trimestre 2017 - Blog Transformando Espaços


PROPOSTA DO EDITORIAL

Fui um tanto ousada na proposta do editorial desde trimestre, na verdade de toda Linha Editorial de 2017. Verdade seja dita: exagerei na expectativa. Não contei nem metade da história para vocês, pois mal consegui assimilar o que estava fazendo nos bastidores e o que conseguiria colocar traduzido em conteúdo aqui para vocês.

Eu organizei muito minha gente, muito, e não tinha noção da bagunça que precisava esclarecer até me deparar com ela. Esse ano foi uma experiência maravilhosa, e como sempre digo, sou daquelas pessoas que não consegue viver e logo traduzir tudo em "lições aprendidas" num passe de mágica. Sabiamente Cheryl Richardson já escreveu: se há coisas demais para fazer, há coisas demais para fazer!

Então essa divisão do calendário em áreas da casa foi legal, mas não sei se vocês sentiram tanto aí quanto eu senti aqui do outro lado. Essa organização foi para mim. Esse blog não é um Manual de Organização genérico, é um blog de estilo de vida, que tem em sua essência esse desejo de trazer um mix de organização, decoração e produtividade para que esse mix, aplicado na casa e na vida&trabalho nos traga mais qualidade de vida. Em primeiro lugar para mim mesma! Vocês podem adaptar o que acharem legal na de vocês, simples assim.

Concluindo: esse assunto Casa Organizada continuará rolando aqui no blog sempre, pois amo falar e escrever sobre isso! Uma casa é muito grande, e há muitos espaços para explorarmos, a saga continua em 2018!

RESUMO

Links do posts/séries mais especiais do trimestre:

  1. Trem bala da organização, uma nova versão (a minha!) para a linda música de Ana Vilela, Trem-bala.
  2. Top 7 armário cápsula - a big power entrevista top que bombou aqui no blog!
  3. Entrevista com meu marido no canal sobre um tema que há anos queria trazer para cá e não sabia como: 7 coisas que talvez você não saiba sobre luto.
  4.  Mais dicas de dobras: roupas de bebê e cobertas e mantas.
  5. Fiz uma criancice bem divertida perto do dia da criança, mostrando como faço a minha Maquiagem básica
  6.  Comecei o tour pela minha casa: Tour home office, Tour cozinha e Tour sala de jantar (sairá no canal na próxima terça!). Além disso tenho complementado com tours mais específicos nos espaços para o geral não ficar tão longo e vocês conhecerem como me organizo em cada ambiente!
  7. Há anos desejava fazer o nosso Calendário de Advento, e esse ano saiu! Como é a época mais louca no trabalho para nós, até o Natal, muitas atividades ficaram para fazer nas férias. Fazer só por fazer não é o sentido.
  8. DIY de natal com rolhas de vinho - sei que teve gente que revirou os olhos para minha árvore de natal, sair da caixa dá nisso. 
  9. Fiz um vlog de um pedacinho da viagem que fiz com meu marido para Foz do Iguaçu, ficou lindo, pois as Cataratas estavam incríveis nesse dia!
  10. E pra acabar o ano veio o Desafio Renzzi, para abalar todas as estruturas! Essa lista ficou show, hein?! (se ainda não votou em mim, acessa o link  e please, me dá um joinha!)

TENDÊNCIA

Diante desabafos deste post fica evidente que a tendência será a mudança. Sempre relutei comigo mesma em manter um estilo mais impessoal e indireto de abordagem. Só que em tanto em texto como em vídeo acabo me entregando. Posso até omitir aprendizados não consolidados (estou falando bonito hoje, não?!) mas uma hora ou outra eles acabam aparecendo, o que me faz sentir muito bem, pois outras pessoas podem se identificar com as situações que descrevo e aprenderem com elas sem se ferrar como eu.

Algo que me deixou imensamente feliz foi encontrar tanta gente indignada e inquieta transformadores de espaços (ou aspirantes) como eu no You Tube e criar uma comunidade de quase mil seguidores por lá! Começamos o ano com 80, e já passamos de 700! Não parece nada, mas para mim é muita gente. É o número de pessoas que aproximadamente cabem sentadas numa grande sala de teatro, numa SCAR de Jaraguá do Sul/SC, por exemplo. Inscreva-se no canal se é novo por aqui! Em 2018 ele ficará ainda melhor, e terá projetos que com certeza, você irá  se identificar!

Ao mesmo tempo que pessoas me dizem que se encontraram aqui no blog e no canal, eu confesso que me encontrei na produção de vídeos. Só fico tremendamente indignada comigo mesma por me flagrar das coisas tão tarde, depois de tanto tempo. Por que fui (talvez ainda seja) tão "tartaruga"? Por que ando tão devagar? Que bom que acordei, né?! A cada trimestre fui esclarecendo mais coisas na casa e na vida, e encerro esse dizendo que a partir do ano que vem só teremos uma Retrospectiva oficial. Esse lance de avaliar por trimestre já deu! A vida nos surpreende com Editoriais bem mais interessantes, e se o blog é para ficar com cara de revista... bem, será uma revista bem fora da caixa. Fim! Agora conte você: o que mais gostou dessa história toda que rolou por aqui em 2017? O que gostaria de ver mais em 2018?
  

21 de dezembro de 2017

Metas pra 2018, vamos realizar? | 2º Desafio Renzzi

Em primeiro lugar, muito obrigada a todos que votaram no meu vídeo no primeiro desafio Renzzi! Não fui finalista, continuamos na luta, mas fiquei muito feliz por ter ficado na sétima página, entre os 84 primeiros, já que foram no total 564 vídeos! Algo que estou percebendo em minhas análises é que números são somente números, não deveriam ser levados como referência em muitas situações.  É difícil medir criatividade e inovação em números, ou primeiras páginas. É no todo que os tesouros estão perdidos e nem sempre se destacam. Para mim quantidade é uma coisa, qualidade é outra... mas, paciência! Enfim, o segundo desafio foi lançado, e no vídeo falo sobre Metas para 2018, vamos realizar? Foi bem legal, falei sobre como organizo as minhas, sempre tem dicas legais e espertas, quem me acompanha sabe. Também abri meu coração falando de sonhos, coisa que faço bem pouco até, pois acho que sonho/meta é algo para escrever, e realizar!!! Contar? Só depois de realizado! Enfim, contei sobre um sonho realizado, e também sobre uma meta de 2017 que realizei! O que espero para 2018?! Que tal você curtir, e votar no meu vídeo?! Espia só as luzinhas na minha penteadeira, não ficaram um charme?! Dá o play para entrar no clima de Natal e fim de ano, com muito amor e paixão, pois se não for por amor, que não seja de jeito nenhum!

Metas pra 2018, vamos realizar? | #desafiorenzzi


20 de dezembro de 2017

Recebidos 8 | Blog e Canal Transformando Espaços

O último recebidos de 2017: o número 8 do blog e do canal Transformando Espaços, esse somente de recebidos! Ganhei um mimo carinhoso da Dello como agradecimento pela parceria na divulgação dos produtos durante o ano no blog e canal, um presente da minha cunhada Ângela que é artesã para organizar a mala de viagem, e um contato surpresa que me deixou bem feliz, da Casa Km, cujo produto de limpeza recebido deixou a casa super perfumada! Vem ver!


Muito obrigada!

Recebidos 8 | Blog e Canal Transformando Espaços

17 de dezembro de 2017

DIY Decor | 3 ideias para decoração de Natal com Rolhas de Vinho

Esse ano me apertei de novo, como sempre, mas finalmente consegui fazer uma decor diferente de natal do que vínhamos acostumados nos últimos anos! A improvisação foi com rolhas de vinho, quem me acompanha no Instagram já percebeu! Ainda incluí Palitos de Picolé, pois trabalhar com as rolhas do jeito que quis fazer foi bem demorado e tinha pressa de terminar até início de dezembro, quando montamos toda a decor em casa. Foi bem simples, então, foi tranquilo, a questão era que queria fazer os DIYs, tinha o Calendário de Advento para terminar também e na correria de final de ano (que não queria que fosse correria, mas acabou sendo, de novo), enfim, consegui!!! Hoje compartilho as 3 ideias que inventei aqui em casa com Rolhas de Vinho: enfeites para a árvore de natal, uma guirlanda e um móbile temático, que vale não somente para o natal! Espero que vocês gostem, talvez achem simples demais, mas eu gostei! Ah, as cores do ano que escolhi foram azul e amarelo, para combinar com as cores da nova sala!

DIY Decor | 3 ideias para decoração de Natal com Rolhas de Vinho


14 de dezembro de 2017

Tour pela minha cozinha | Casa de Personal Organizer

O segundo TOUR é na minha cozinha, o coração da casa! Estou há séculos querendo gravar este tour, mas vocês não tem ideia do que aconteceu. Primeiro estragou a torneira da pia. Demorou uma eternidade para a bendita peça que quebrou chegar na loja (parece desculpa, mas não é. Estranho mesmo.). Marido consertou o pepino. Quando estava me organizando para filmar, estourou um cano na parede, estragou até a cômoda lá na parede do outro lado, e ficou um furo ali em cima da pia por algumas semanas. Depois demorou para fecharmos o buraco. Ainda bem que tinha tinha para pintar, e fizemos um "é agora ou nunca" antes do Desafio Renzzi, senão, que mico, não?! Enfim, ele saiu! Você pode reparar que na introdução do vídeo meu cabelo está até mais curto, rs!!! Estava tudo pronto para sair em novembro, mas aí, veja só a saga que foi! Fazendo um raio X do meu espaço, vocês podem conferir que:

As cores que prevalecem no ambiente são o branco na maioria dos móveis, e o colorido ficam nos complementos decorativos. Antes ela era mais laranja nos utensílios e objetos decorativos, mas o amarelo também está começando a dar as caras. O marrom na parede é para unificar e harmonizar melhor com o fogão a gás e o armário, e não destacar tanto eles, mas sim a mesa preta, que fica no centro, dando um contraste bem legal. Gosto desse fundo escuro e contrastante com o preto da mesa e o branco dos móveis e eletrodomésticos. Minha cozinha é muito simples e prática, perfeita para quem se muda de vez em quando, e os móveis conseguem se encaixar super bem em qualquer espaço. Sem excessos de armários e tralhas, os armários abertos feitos sob medida solucionam grande parte do armazenamento necessário. Além disso é integrada a sala de jantar, então, o diálogo com os outros móveis no estilo e cores é muito evidente, o que vocês poderão confirmar no próximo tour!


Planta baixa da Cozinha

Planta baixa da Cozinha


Tour pela Cozinha | Casa de Personal Organizer


Tour pela minha cozinha | Casa de Personal Organizer



Mais posts:

Confira aí mais posts relacionados a minha cozinha com cada cantinho em detalhes:

  1. Armário abertos.
  2. Organização da Área de trabalho.
  3. Mesa preta.
  4. Dobras de panos de prato.
  5. Estante laranja, pallet e lixeira repaginados.
  6. Tok de decor na área de trabalho com a pintura da parede de marrom.
  7. Planner do Lar - listas que mostrei no vídeo e muitas outras!









Até que enfim, pois se demorasse mais um pouco já estava com vontade de tocar o pincel na parede, o spray no fogão, e no armário da pia, pois já estou enjoando dessas cores e ainda nem tinha mostrado o tour de como está todo esse tempo esse cantinho, não de maneira organizada! Espero que você tenha gostado, e também se inspire a organizar e decorar seus espaços com amor! 

12 de dezembro de 2017

Como dobrar cobertores e mantas?

Quer aprender a dobrar cobertas e mantas leves com a técnica de dobra envelope e deixar o espaço do enxoval de cama bem mais prático e organizado!? Então você precisa assistir esse vídeo, onde mostro o passo a passo dessa dobra, nos mínimos detalhes! Fica super prático, pois os cobertores não ficam se abrindo e embolando na hora de tirar um da pilha, além do que ficam um charme só, muito carinha de capricho na organização, não é mesmo? Como vocês viram no vídeo de domingo, onde mostrei como guardo nossos cobertores e edredons na cabeceira baú, alguns cobertores mais pesados, grandes e grossos, não usados com tanta frequência, deixo enroladinhos mesmo. No meu caso, com esse mobiliário, fica perfeito dessa forma. Espero que gostem da dica de organização de hoje! E me conta: faltou alguma dica de dobra nessa série Como Dobrar, que você gostaria que tivesse aparecido!? Sério? Esqueci alguma? Então registra nos comentários, que daremos um jeito nisso! Agora dá o play!

Como dobrar cobertores e mantas?


10 de dezembro de 2017

Como guardar cobertores e edredons?

Encontrar um lugar em casa para acomodar bem e de forma organizada cobertores, mantas, edredons e afins é sempre um desafio e tanto! Sofri por muitos anos com esse dilema, digo sofri, pois se não tem lugar fica tudo ocupando o espaço de outras coisas no guarda-roupa, ou no baú, e nos apertos aqui e ali, a gente encaixa do jeito que dá. É a vida imperfeita do dia a dia, sei como é, sabia, até enfim, ter minha cabeceira baú, aquela de madeira que mostrei no começo do ano para vocês, que mandamos fazer, e enfim, foi a solução para este problema aqui em casa! Agora tenho tudo junto, reunido e o melhor de tudo: centralizado e organizado! Vem comigo ver como organizo os cobertores na nossa cabeceira baú no quarto do casal!

Como guardar cobertores e edredons?


9 de dezembro de 2017

7 músicas que já ouvi milhares de vezes!

Décimo Post do Desafio Pintando o 7 com TE da série de 12 posts, durante 12 meses. Refletindo sobre 7 músicas que já ouvi milhares de vezes! Conheça minha proposta e participe você também!

7 músicas que já ouvi milhares de vezes!


O desafio de hoje é apelação, não dá pra listar somente 7, ainda mais para quem gosta tanto de música, e todos os tipos de música! Música é vida, é um tema que vale inclusive muitas outras postagens, aliás, porque não trouxe ele ainda para cá? Boa pergunta, não sei, já falo demais sobre coisas demais. Enfim, escolhi 7 músicas que amo de paixão e que já cantei e/ou ouvi milhares de vezes, a grande maioria mais antiguinha e outras mais recentes que ganharam o meu coração nos últimos anos e tempos. Espero que vocês curtam essa playlist especialíssima!

#

M Ú S I C A   E R U D I T A

As Quatro Estações, de Antônio Vivaldi


 Quando comecei a estudar música era esse meu sonho. Meus pais compraram cds de música clássica para mim, e ficava ouvindo alucinadamente. Só que meu sonho era tocar desse jeito, queria entender como fazer tudo aquilo, como fosse possível isso sozinha. No piano interpretar um negócio desses é... não sei nem dizer o que é. Mas eu toquei Primavera. Do meu jeito, mas toquei. Até que percebi que ouvir lindas versões como esta também estava legal, e que de todos os desafios que podem existir por aí, talvez devesse escolher outros para mim... essa música tem muitos outros significados para mim, é uma das mais mega especiais, então, para um simples comentário, está bom. Vamos para a próxima!

#

S A C R A   C O N T E M P O R Â N E A

Quando estou meio down, gosto de ouvir esta música. Ou quando estou muito durona, não consigo amolecer o coração, Deus através desta música toca ele de um jeito inexplicável. Fico mais leve, mais tranquila, mais confiante no único em que podemos verdadeiramente confiar. Ela é muito consoladora, gostosa de ouvir, e emocionante. Infelizmente não há versão em vídeo, somente em áudio. Feche os olhos e se deixe levar pela música...


Vem de ti, de Lucas André Albrecht

#

M Ú S I C A   I N F A N T I L

Música linda de Toquinho, estudei e toquei muito ela na época da pós em música, em 2015. Ela irá sempre me lembrar essa fase especial, que foi bem intensa e marcante, pois foi a realização de um sonho que me levou a realizar muitos outros e a me conhecer muito, mas muito melhor!
Antigamente, quando cantava ela na infância, não entendia o significado pois só lembrava e cantarolava o começo. Só que ela é bem mais "adulta" do que infantil. Gosto de músicas com mensagens especiais, cheias de poesia que façam sentido e significado.

Aquarela do Brasil, de Toquinho


#

M Ú S I C A   I N T E R N A C I O N A L 

Sou uma romântica, ao menos nas músicas que gosto de ouvir. É só conferir a tradução da letra. Como nem tudo adianta falar, isso basta e está tudo bem assim. I love Colbie Caillat. Nos últimos anos, foi a trilha sonora que mais me acompanhou quando estava aqui escrevendo, editando, produzindo conteúdo. Fica aquele "barulho gostoso" que anima, e não me deixa ouvir todos os "barulhinhos" que estão lá da porta do home office para fora.

 Falling for you, de Colbie Caillat


#

M Ú S I C A    R E G I O N A L  I S T A

Sei que há anos não moro mais no RS, mas sou gaúcha, e meu coração sempre será do meu "Céu, Sol, Sul, Terra e Cor!" Afinal há Céu mais azul do que o Rio Grande do Sul?! Não, não há! Encontrei essa interpretação linda e cheia de amor, para quem não conhece, conhecê-la! Amo cantar e ouvir essa música, é minha regionalista preferida!

Céu, sol, terra e cor, de Leonardo


#

M Ú S I C A   P O P U L A R

Essa música marcou um tempo bem distante. Já ficou claro que não tenho mais 15 anos, né?! Apesar de me comportar como uma adolescente apaixonada às vezes, já tenho mais do que o dobro dessa idade. Hoje percebo que ela é um pouco saudosista, melancólica no bom sentido (isso existe, sim) como todos os apaixonados são, e pode se aplicar também há muitas outras épocas e tempos da vida, que você gostaria que voltar atrás e viver de novo, para fazer diferente. No caso, não quero exatamente  aquele tempo que passou de volta, prefiro mesmo o de hoje.



M Ú S I C A   Q U E   G A N H O U   M E U   C O R A Ç Ã O ! 

Música que fala tudo, e mais um pouco. Que fala nas entrelinhas, nas estrelas e nas linhas. Tem coisa mais inspiradora?! Tanto que fiz a versão Trem-bala da Organização, já viu? Música leve e letra que gera profundas reflexões. Minha combinação preferida: simplesmente amo!

Trem-Bala, de Ana Vilela 


#

Gostou da minha playlist?! Me conta o que achou, e quais são as suas músicas preferidas!
Vou adorar saber!

7 de dezembro de 2017

Receita de Natal - Bolachas Pintadas | 1º Desafio Renzzi

Estou participando do #desafiorenzzi - RECEITA DE NATAL, que já está mudando a rotina da minha vida, pois logo logo irei ganhar... uns kilinhos a mais com tanta receita gostosa que tá rolando lá no Desafio Renzzi nº1! Se você ainda não sabe o que é Renzzi, assista o meu vídeo de apresentação, para entender tudinho, em breves palavras, é um shooping online que está inaugurando, e dando uma força tremenda na divulgação dos canais participantes! Devo estar engordando com tanta a comilança de BOLACHAS PINTADAS, ansiosa para descobrir o resultado do primeiro desafio! Contei com minha mamãe para me ensinar a fazer esta Receita de Família, que ela faz questão de fazer todos os anos, e agora que os meninos estão mais crescidinhos, é mais fácil a gente fazer juntas! Unimos a vontade dela em novamente fazer a receita e esse projeto que me envolveu profundamente, e cá estamos, neste vídeo mega divertido!

Passos para você votar:
1. Acesse o LINK  https://bit.ly/desafiorenzziedel
2. Clique em curtir - você precisará fazer LOGIN com o facebook.
3. Então aparecerão todos os vídeos, digite EDEL e aparecerá o meu vídeo!
4. Clique no CURTIR novamente e então aguarde a confirmação do seu voto!
5. Mil vivas para você por votar em mim! Muito obrigada!

DETALHES:

Algumas partes do fundo musical é a Edel tocando ao piano!
Bate o Sino - É Natal e O segredo é a organização (música tema do blog!).

Falei demais, mas não lembrei de dar os méritos para quem deveria no vídeo: meu maridão. Até rolou um momento tensão no vídeo, pois tivemos de dispensá-lo senão não teria vídeo, mas a ideia das bolachas pintadas foi dele. "Façam essa, claro! É muito a cara do nosso Natal!" Com jogo de cintura a gente deu a volta por cima, e conseguiu o resultado esperado, que está aí, para vocês curtirem!

1º DESAFIO RENZZI | RECEITA DE NATAL | Bolachas Pintadas

2 de dezembro de 2017

Checklist de Dezembro 2017

Lista de Tarefas de Planejamento Pessoal, Follow-up e algumas Recorrentes para o mês de Dezembro. Inspire-se e faça a sua também!

Dezembro
Te digo que pensei em final de novembro em gravar um vídeo falando em desacelerar nesse fim de ano, ficar de boa, e dar uma trégua para a correria, juro que pensei. Só pensei, pois com tantos motivos para celebrar não dá pra deitar na rede e ficar de boa! Simplesmente não dá! Além de todas comemorações normais de natal, ainda temos aniversários em dose dupla, desafios da família e ainda desafios de trabalho, então, vamos trabalhar!!! Porque quando se faz o que ama, tudo faz todo o sentido, o tempo todo, até o trabalho!
      1. Comemorar o níver do Guilherme (ele já fará 6 anos - mesma idade do blog)!
      2. Improvisar algum programa para níver de 17 anos de casamento - algumas vezes os improvisos são melhores do que os muito planejados...
      3. Planejar orçamento para o próximo ano em nova planilha financeira.
      4. Planejar programa para níver Jack.
      5. Finalizar os projetos de organização e decor de 2017.
      6. Atualizar planos de organização e decor para 2018.
      7. Participar do Desafio Renzzi! Fiquem comigo e votem em mim - nesse link mesmo (é só logar com a conta do facebook!), preciso de vocês!
      8. Colocar em ação as atividades do Calendário de Advento!
      9. Planejar atividades para realizar nas férias (que mãe consegue tirar férias?! Surreal essa tarefa!)
      10. Curtir a nossa casa organizada, deitar na rede, relaxar e dar um sossego para as arteirices... (essa vai ser difícil!)

        Checklist de Dezembro 2017

        ❤ GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!