27 de março de 2017

10 lições que aprendi organizando festinhas infantis caseiras

festa infantil caseira


Que tal, até parece que estou ficando expert na coisa, mas já se foram 8 festinhas, incluindo as duas do batizado, que descrevi recentemente! A seguir listo as 10 lições que aprendi organizando festinhas infantis caseiras, e apesar nas primeiras ter prometido para mim mesma que não organizaria mais nenhuma, quando o Gui começou a falar e escolher os temas que queria sua festa, não resisti mais e me rendi! No aniversário de 4 anos queríamos fazer um programa diferente, sair com eles numa pizzaria com área infantil para que eles brincassem bastante, só que os planos não foram bem assim, o programa não rolou no dia, mas dias depois, e os dois adoraram! Enfim, este é apenas um relato de minha experiência pessoal, porém cada caso é um caso!

1. MANTER O ESTILO FESTA INFANTIL CASEIRA E FAMILIAR


A primeira festa era para ter sido pequena, neste estilo, festa infantil caseira familiar. Minha cunhada que tinha razão, os pequenos não entendem nada de nada, para eles nessa idade está tudo ok. Não sei porque cargas d'água, inventamos de última hora mudar tudo, e acabou tendo 80 convidados. Quando você começa a listar os seus amigos, não os do filhote que ainda nem saiu das fraldas nem fala mais do que papai e mamãe, a lista vira um buraco sem fundo. Aconteceu que eu me estressei mais do que precisava, preparando doces e salgados, e sobrou muita coisa mesmo. Era muito calor em dezembro, fim de ano, as pessoas estão cheias de comes e bebes, então, me dei mal naquela vez. Depois que ele começa a ter as amizades dele, aí é outra história. Nessa parte tenho que me aperfeiçoar mais. Só nos primeiros anos, realmente acredito que não valha a pena grandes celebrações.

2. FAZER FESTA NA CASA DA TIA, DO TIO, DO VÔ


Por mais que seja tudo muito legal, talvez você acabe incomodando a família. Tirando tudo da rotina. Então, vale pensar bem, se está tudo ok mesmo ou não. Ou ser bem neutra, para que role tudo da forma mais tranquila possível, sem grandes estresses. O segundo aniversário do Gui fizemos na casa da tia dele, e todos super amaram poder fazer isso por ele. Só que não é como você organizar na sua casa, tem de respeitar um espaço que não é seu. E se for muito metida a fazer do seu jeito, não funciona! Se está tudo bem, do jeito que for, está tudo bem. Foi tão estressante a primeira experiência, que na segunda eu estava meio zen demais, tudo estava bom, maravilhoso, perfeito. Queríamos dar oportunidade de todos os dindos curtirem ele ao menos nestes primeiros anos, já que no primeiro, só  o vovô pode ir visitá-lo. Foi uma experiência legal.

3. A DECORAÇÃO É DE ACORDO COM O ESPAÇO


Se você quiser decorar uma mesa grande, um painel grande, tudo será grande, e mais trabalhoso. Se optar por uma mesa menor, pode incrementar menos, e também ter um efeito legal. Se quiser fazer bem simples, ok. O espaço menor exigirá menos, com certeza. Testei organizar a mesa em diversos locais já, e a grande sacada é a hora das fotos e do painel. Pode-se criar um cenário menor, só para as fotos, e dispor doces, salgados, bebidas, noutros locais e mesas, não precisando estar tudo ali na mesa central, do painel. Essa dica é libertadora e bem econômica!

4. INVESTIR UMA VEZ E REUTILIZAR


Porta-balões de mesa, tecidos com bom caimento, bandejas, latas, garrafas, são itens que você pode traquilamente repaginar e utilizar de diversas formas diferentes. 

5.  PAPEL É MAIS ECONÔMICO DO QUE EVA.


Utilizar EVA é muito lindo, mas pelo valor, você fica com dó de jogar fora, e fica reutilizando. Já papel é baratinho, dá grandes efeitos, e dói menos no bolso reciclar depois. Ainda tem o crepom, que estou descobrindo agora, e fica super 10! Aguardem em breve as dicas para decorar com papel crepom!

 

6. NEM SEMPRE O PAINEL PRECISA SÓ DE BALÕES


Se a festa é em casa, precisa ter alguém responsável só pra encher os balões e entender de organizar eles na decor, e isso dá um trabalhão! Porque não optar por um móbile, um painel de fitas coloridas, correntes de papel ou outro jeito? O móbile pode decorar o quarto das crianças depois por um tempo, e o painel de fitas, de for em papel ou outro material é mais fácil e barato descartar depois.

7. COMPRAR DECORAÇÃO PRONTA NEM SEMPRE VALE A PENA


Paneis, figuras, imagens temáticas, é usar uma vez e depois, adeus, você não desejará usar novamente. Então, vale a pena investir, para você? Se conseguir vender depois, tudo bem, eu doei duas vezes (do Pluto e da Galinha Pintadinha), e foi bem legal. Comprei papel, caixas, e decorações, que depois também acabei doando, pois não queria mais entulhar a caixa de decorações de aniversário com itens que não usaria mais.

8. TREINE E FAÇA VOCÊ MESMO AS FOTOS


Se quer fotos específicas da decoração, do bolo, de outros detalhes, ou do seu filho com família e convidados, é o tipo da coisa que vale muito a pena o faça você mesmo, principalmente se você tira melhor as fotos. É a recordação que fica. No primeiro aniversário eu me desdobrei em mil, e meu marido que era o responsável  pelas fotos, simplesmente, desligou de vez. Os detalhes que eu queria que ele tivesse flagrado, não flagrou. Também não esclareci com ele antes, então, como iria exigir depois... nas próximas tentei melhorar, fazendo eu mesma as fotos especiais da decor, pois para mim é importante e valoriza o trabalho que dá produzir.

9. FAZER OS DOCES E SALGADOS OU COMPRAR TUDO PRONTO


Aí você tem de analisar suas habilidades, e das pessoas próximas que podem te ajudar. Aqui em casa, sempre gostamos mais do que preparamos, apesar de dar mais trabalho, e com os pequenos (agora 2!) às vezes bater um certo desespero nas vésperas do dia D. Se tiver tempo pra fazer, faça. Se tiver orçamento para comprar, compre. Já testamos as duas formas. Avalie o que funciona melhor pra você!

10. FAZER A DECOR OU CONTRATAR UMA DECORAÇÃO PRONTA


Aqui vale o mesmo que para o item anterior. Tem tino pra coisa? Gosta de mexer com essas frescurinhas, que deixam o espaço com cara de aniversário mesmo?! Então, se planeje com antecedência, organize as atividades que precisa fazer, itens para comprar, e mãos a obra! Pode ser uma alegria só fazer junto com os pequenos, e uma terapia para o agito do dia a dia, além de unir a família, pois você não faz nada sozinha. Ao menos é mais legal fazer em conjunto!

Links das Festinhas dos Meninos aqui no blog:
  1. 10 coisas que você precisa lembrar ao organizar uma festa de batizado
  2. Aniversário de 1 aninho do Gui com tema Galinha Pintadinha 
  3. Aniversário de 2 anos do Gui com tema Pluto
  4. Aniversário de 3 anos do Gui com tema Mickey
  5. Aniversário de 5 anos do Gui com tema Homem Aranha
  6. Aniversário de 1 ano do Miguel com tema carros
  7. Aniversário de 2 anos do Miguel com tema Diego
Que estilo de apresentar a festinha você mais gostou?! Em texto e fotos, ou em vídeo?! Comenta abaixo, para eu saber!

Links de Checklists:
  1. Checklist de Festinha de Criança 
  2. Checklist de Festa Infantil Familiar e Caseira 
  3. 3 lições que aprendi depois de 3 festinhas...

Espero que tenham gostado, pois este post está cheio de informação e dicas legais!


EDEL 💋
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!