10 de outubro de 2016

Palestra em Juranda/PR # Como reinventar o casamento quando os filhos nascem

Como reinventar o casamento quando os filhos nascem


No post de hoje quero compartilhar um momento muito especial para mim, que foi palestrar no L Congresso de Servas do DIPANO (Distrito Paraná Norte), em Juranda/PR, que aconteceu nos dias 24 e 25 de setembro de 2016. O "L" é de Quinquagésimo, ou seja, o distrito de servas completou 50 anos desde sua fundação!

No convite que recebi apontava as seguintes diretrizes:
  • Lema: “A mulher sábia edifica a sua casa” Pv 14.1.
  • Tema: Educação – Pais e Filhos. “O filho sábio alegra a seu pai, mas o insensato é a tristeza de sua mãe”. Pv 10.1.

A expectativa era que falasse algo sobre "a mulher sábia e seu papel no lar", como mãe, esposa, filha...

Estava lendo e relendo o livro "Como reinventar o casamento quando os filhos nascem" há algum tempo já, me inspirando pra vida em família e aplicando algumas ideias (tipo o Jogo do Lar), e não deu outra: percebi que este tema tinha tudo a ver! 

Afinal, para termos filhos sábios, precisamos ser mulheres sábias, e mulheres sábias, reinventam o casamento quando os filhos nascem! Ambos são empreendimentos distintos e carecem de mais zelo e atenção de nossa parte, especialmente a integração inteligente de ambos.

Não tenho o casamento perfeito, tanto meu marido, quando eu, e nossos filhos são falhos. Precisamos conviver com muito amor e paciência para aturar nossos gênios. Mas como dizia a letra da música que meu marido e eu adorávamos assistir, de A Grande Família "Nossa família é muito unida, e também muito ouriçada, brigam por qualquer razão, mas acabam pedindo perdão."

Da mesma forma como escrevo sobre organização, faço palestras e falo sobre o tema, minha vida organizada não tem sempre a configuração perfeita, o selo de qualidade total, há as oportunidades de melhorias e não-conformidades. Não é por isso que deixo de falar ou escrever: bora trabalhar e por em ordem!

Assim como a organização faz parte da minha vida, me ajuda a ter melhor controle de tudo, minha família também faz parte, e me ajuda a voltar para o meu centro, para a base, para o fundamento, para meus verdadeiros valores de vida.

Quis escrever isso pois pela primeira vez na vida Deus abriu meus olhos e me mostrou que quem fala e aconselha, não precisa ser perfeito, basta ser humano. Basta ter a coragem de falar o que tem de ser falado, tentando se colocar no lugar do outro, e auxiliar no processo de esclarecimento dos fatos, de maneira sábia e humilde. Nem todos entenderão, alguns irão rejeitar, muitos não gostarão. Nem Cristo agradou a todos, o que esperar de simples mortais?

Assim, me senti muito honrada pela lembrança do meu nome, e me aventurei com a ajuda de Deus nessa empreitada! Espero que ele coloque mais oportunidades no meu caminho para falar novamente sobre, pois é um tema maravilhoso para refletirmos enquanto casais!


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!