10 de agosto de 2016

A bagunça na casa, na vida e no trabalho


Desde maio estou querendo escrever este post, programar menos posts, me justificar para mim mesma, mas não o fiz. Fui levando, só que agora destravei, e consegui escrever sobre. Se tivesse tirado férias do blog diante das dúvidas, como pensei inicialmente, teria sido pior. Quero explicar porque estou tão sem rotina (ou meio bagunçada) com as postagens do blog. Talvez pra você esteja tudo muito legal, nem tenha percebido nada diferente, mas pra mim não está. Quando eu estiver ok com os projetos do blog, estarei ok com o restante também.

Comecei o ano a mil por hora, fazendo muitos projetos legais aqui em casa, até compartilhei alguns deles na forma de vídeo no Canal do Blog, que reinaugurei em abril. Até que em maio aconteceu uma coisa muito legal também, que foi o início da reforma na parte externa da nossa casa e no quarto da minha mãe.

Só que isso me travou pra continuar produzindo qualquer coisa que fosse, pois querendo ou não, as ideias ficaram meio bagunçadas. Tive de frear meus projetos de organização e decor, e todo meu planejamento ficou comprometido. Quando paro de escrever sobre organização, me desorganizo.

Não queria acreditar, mas travei até pra organizar as coisas aqui em casa, pois achei que, "ah, quando tudo acabar eu organizo". Estava tão empolgada, no clima, e pra voltar a ele novamente, demorou. Alguns dias depois da viagem pra Conferência de POs em SP, a reforma finalizou (durou mais ou menos 2 meses). Então fiquei uma semana fora, no Festival de Música de Cascavel (ainda contarei pra vocês o que andei aprontando...), vivendo grandes emoções. Na mesma semana na qual voltei, logo saímos em viagem de férias com os meninos, e booom... fiquei meio perdida.

Capturei tanta coisa na mente e no coração, esclareci muito pouco, joguei GTD aos ares por 1 mês, e isso não foi nada bom. É estressante ser assim, é angustiante deixar a vida em stand by, sem dar start ao que precisa ser dado start, e se sentir na primeira marcha, sem conseguir passar pra segunda, terceira, quarta e quinta.

Foi consciente frear, achando que precisava disso, mas não via a hora de chegar o tempo presente, no qual voltaria dar andamento aos meus projetos. Sou uma ativista, não gosto de parar. Às vezes parecia sem foco, mas conversando com meu marido, ele me dizia exatamente o contrário, pela primeira vez na vida.

Quando organizo e reorganizo alguma coisa, na minha casa, noutro espaço, e consigo transformar estas experiências em conteúdo de qualidade pro blog, em texto, imagem e vídeo, isso me realiza imensamente. Sinto-me como se estivesse com a missão cumprida naquele projeto. Só consigo fazer isso, escrever sobre organização, quando meu espaço está ok, quando as coisas estão caminhando ok, quando tudo está ok.

Quando tenho uma ideia, e ela fica pendente, na lista do algum dia/talvez e por algum motivo ela não deslancha, e já deveria ter deslanchado, isso me assombra inconscientemente. Há muitas ideias assim, e preciso tirá-las do papel e da cabeça. Felizmente tenho me jogado com tudo em cima delas.

Pude sentir na pele, mais uma vez, o quanto casa, vida e trabalho estão ligados, e o quanto a organização de um tem a ver com o outro. A casa bagunçou, as ideias bagunçaram, o trabalho bagunçou mais ainda. Citei o termo bagunça mais do que o normal por aqui, até escrevi um artigo especial sobre "Eu me encontro na minha bagunça"

Conseguindo aos poucos reorganizar as tarefas pendentes na casa, as ideias voltam ao lugar e o trabalho começa a fazer sentido novamente. É na casa que tudo começa. A partir dela, a organização se espalha e se reflete na vida e no trabalho.

Enfim, estou tentando voltar ao normal, a um novo normal, porque depois de tudo que tem acontecido na minha vida, não dá pra ser mais a mesma. Espero sinceramente conseguir me expressar mais claramente daqui a algum tempo, quando tudo estiver mais esclarecido para mim mesma, em primeiro lugar. Enquanto isso, vamos trabalhando que tem muita coisa pra por em ordem na vida, na casa e no trabalho...
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!