8 de fevereiro de 2016

Atitude # 49 - Dê um tempo a loucura.




Atitude # 49 - Dê um tempo a loucura.



Esta atitude tem tudo a ver com a época de festas que vivenciamos no final de cada ano. No meu caso, pra completar, além de todos as jantas e encerramentos, programas de natal, apresentações finais dos projetos de música (nos anos que estive ligada a algum), ainda tem às vezes formaturas, as crianças em idade escolar entram de férias, e há as festas de aniversário de casamento e do meu filho mais velho (por sinal no mesmo dia - 30/12). Se um ano parece que será mais zen a gente ainda inventa alguma coisa pra não perder o consume... sabe de uma coisa? Que tal dar um tempo nessa loucura? Quem disse que tem de ser assim? Se ficou pra fazer algo na casa em dezembro, adeus checklist. Se os presentes ou a decor ficou pra última hora, hummm... vamos dar um jeitinho e a decor vai a mesma do ano passado, sem neuras.

Anseio por não perder jamais o verdadeiro espírito do Natal, e viver com qualidade e tranquilidade esse período tão lindo. Só que pra não continuar correndo como todo mundo, precisamos decidir fazer alguma coisa diferente.

Sugestões de Cheryl:
  1. Troque a compra de presentes por um jantar com os amigos. De preferência depois do Natal, quando o clima começa a ficar mais tranquilo, para quem não for viajar e estiver disponível, claro.
  2. Crie uma lembrança. Planejar um evento especial criará uma lembrança maravilhosa que durará mais do que qualquer presente. Compartilhar o verdadeiro sentido do Natal com a familia, reunida e realmente unida é o melhor presente.
  3. Reduza a compra de presentes. Muitas famílias já adotam o amigo oculto para que as crianças recebam menos presentes. É uma ótima maneira de ensiná-las a não serem consumistas, e a valorizarem o que recebem.
  4. Tire partido da tecnologia. Faça suas compras né Natal online! Sem sair de casa, sem enfrentar trânsito, sem corre-corre, com mais tempo, mais perto da família, e economizando dinheiro!
  5. Mobilize seus sentidos. Sinta-se em clima de festa: ouvindo canções natalinas que aprecia, decorando a casa e a árvore de natal com enfeites que acumulou ao longo dos anos e que relembram momentos e pessoas especiais.

Como escreve Cheryl "Às vezes a melhor forma de desfrutar as festas e se dar permissão para não participar delas." Se você não curte ou está passando por um momento ruim, desencane. Cuide de você do jeito que considerar mais adequado e não como os outros acham que você deve fazer.

Pode parecer meio fora de contexto falar em Natal no início do ano, há poucos dias atrás foi Natal! No entanto, já expliquei que segui as atitudes do livro a risca, e não comecei na semana 1 em janeiro. O que me ajudou pra repensar esse meu novo ano: por mais imprevistos que surgirem, quero me antecipar mais na organização e no meu planejamento, para não ser pega de surpresa, e fazer o que tem de ser feito aos poucos, com mais tempo e tranquilidade. É o que desejo para meu Natal e fim de ano em 2016. E você?
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!