16 de outubro de 2015

Resenha do livro 1000 melhores segredos rápidos e fáceis para você se organizar


Na época da faculdade, adorava passear na biblioteca, folhear (e ler, claro!) livros e revistas de Casa e Decoração. Conheci o livro 1000 melhores segredos rápidos e fáceis para você se organizar numa destas minhas buscas por assuntos diferentes. Fiquei instigada pelo título, li o livro, meu primeiro livro de organização, que depois fiz questão de comprar e reler mais muitas vezes. Tem dicas básicas, simples, práticas, acessíveis, sustentáveis, como a organização deve ser.

Jamie Novak é personal organizer nos Estados Unidos e relata nesta obra seus segredos profissionais, que agora deixam de ser segredos, ao conhecermos suas técnicas de organização para a casa, a vida e o trabalho. Uma das coisas legais que ela sugere é que tenhamos um plano de organização por cômodo, e façamos um panorama das nossas situações problemáticas, para depois atacar cada espaço de uma vez.

Querendo ou não, todo livro de organização sugere um plano, pois organização tem a ver com planejamento. Isto não quer dizer que você deve seguir ele ao pé da letra, mas pensar nas sugestões e adaptá-las a sua realidade, construindo seu próprio plano. Se você perceber que tal coisa pode funcionar para você e tiver aquele Click "puxa, como não pensei nisso antes!", então começará a fazer mudanças na sua vida, conforme o que você acha legal fazer.

Este livro é basicamente um manual para organizar a casa, mas não deixa de abordar o aspectos como agenda, tempo, finanças. Explica o que é a desordem e o que leva a ela, regras de ouro da armazenagem, dicas para manter a ordem com novas regras, além de soluções e ideias criativas para cada cômodo da casa.

Tudo que li sobre organização depois disso, sempre me soou como uma adaptação do que aprendi no livro dela, muito escancarada, como se as ideias fosses autênticas do próprio autor. Será que alguém um dia irá inventar um método de organização e produtividade melhor do que os que já existem? Não sei se é necessário, talvez os métodos ideais já existam, basta descobri-los.

Com relação a diversos assuntos, assim como com a organização, o que aqui no Brasil parece muito inovador, nos EUA já é conhecido faz tempo. Faça um passeio no Pinterest para conferir o que estou escrevendo, muitos de nossos álbuns de inspiração estão organizados lá.

Se você gosta de organização cor de rosa, com muita frescura, com vídeo e imagem, então não leia este prático e simples livro. Agora se você gosta de aprender com leitura, esta é muito interessante e didática, não é o livro perfeito, mas inspirador.

Fico intrigada e indignada quando percebo o plágio de conteúdos, e quando o autor parece estar criando conteúdo "autêntico", e você não consegue distinguir de onde se originou a ideia, se foi realmente original. Neste livro identifiquei traços da metodologia GTD,  como o  conceito de caixa de entrada e desanuviar a mente, por exemplo, e nenhuma referência ao método. Lógico que a autora deixou a sua versão, registrando os segredos que funcionam para ela. Só que faltou dar "pistas" e indicações de métodos relacionados, onde pudéssemos explorar e conhecer mais.

Assim, diante da facilidade com que geramos mais conteúdo em artigos, vídeos, imagens e outros meios, tenhamos bom senso. Que reconheçamos que o verdadeiro aprendizado acontece não quando copiamos o conteúdo que alguém já disse ou escreveu um dia, mas quando produzimos e construímos novos conhecimentos com base no que já existe, referenciando-os.

Sugestão de site para compra do livro.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!