8 de abril de 2015

Inventário de Bens para auxiliar na Organização de uma Mudança

Há mais ou menos 1 ano atrás estava começando os preparativos para a mudança mais organizada da minha vida até hoje, com mais coisas adquiridas ao longo dos anos, e posso listar cinco características interessantes dela:
  1. Tive tempo hábil (considero 1 mês um bom tempo) e disponibilidade total para me organizar bem, e priorizar a organização da mudança mesmo;
  2. A empresa de mudanças disponibilizou caixas padronizadas o que facilitou muito o trabalho;
  3. Meu esforço nessa história toda foi somente a organização em si e o "encaixotamento", me preservei de todo trabalho pesado, de carregar caixas, essas coisas. Gestante de 6 meses, tinha de me cuidar, né? Boa desculpa eu tive...
  4. Tive a oportunidade de fazer uma bela faxina, analisando bem todas as coisas que tínhamos, e me desfazendo por hora de algumas tralhas;
  5. Curiosa para saber quantas caixas iríamos ter na mudança, e tentando controlar o que fosse possível, já que esforços para mim estavam limitados, elaborei um Inventário de Bens, numa planilha de excel, e lá fui organizando todo o processo.

Post it numa das caixas
Neste Inventário de Bens, inicialmente listei os ambientes que geralmente compõe uma casa, o que manteríamos de móveis em cada um deles, bem como objetos decorativos e utilidades. Registrei o conteúdo das caixas por ambiente (mais ou menos deu certo), marquei num post-it colorido por áreas (cozinha, salas e lavanderia - pink, quarto casal e vó - laranja, quartos meninos e home office - amarelo) com número de prioridade (1=logo, 2=durante a semana, 3=sem pressa) para abertura delas depois, bem como o ambiente na qual pertencia e e uma referência ao conteúdo. Conforme concluía a organização das caixas, marcava no status "ok" e "para fechar", pois alguma coisa volta e meia ainda precisávamos que por ventura estivesse nestas caixas, ou ainda havia nelas espaço livre para colocar algo. As caixas do "para fazer", que ficaram para o dia da mudança foram itens de cozinha e de outros ambientes que não conseguimos finalizar antes. Deram uns imprevistos por causa destas caixas, mas são coisas que fazem parte, simplesmente não foi possível deixar tudo ok antes, estava cansada nos finalmentes, para continuar atualizando a planilha, e encaixotando os itens que ainda estávamos utilizando no dia a dia

Esse processo inicial de organizar tudo, até o dia D (da mudança) foi tranquilo. Depois, o descarregar e reorganizar na nova casa, idem. Demorou um pouco, mas o necessário foi logo feito, e no final das contas, deu tudo super certo.

111 caixas! Quase todas ok antes do "dia D"
A única situação muito peculiar, foi que não fotografei as etapas do trabalho de organização. Estive tão absorvida com o trabalho em sim, que simplesmente esqueci este detalhe importante. Acho que sei o porquê: apesar de as caixas estarem "organizadas" nos ambientes, sempre dá uma cara deprimente de bagunça, tudo fora do lugar, ou melhor, tudo sem lugar! Quer mesmo saber? Acho que para mim gera uma certa angústia, e não gosto de lembrar dessa parte, por isso não fiz questão de eternizá-la em fotos. Sabia que estava tudo sob controle, mas querendo ou não em algum aspecto sempre desestrutura a gente.

Assim só restou o registro escrito, e a maior sacada da vez que foi o Inventário de Bens. Veja a seguir a imagem do Inventário para ter uma ideia, pois ele pode ajudar e incrementar os posts já escritos sobre dicas de mudanças. Só quem já se mudou sabe como é!

10 dicas para você organizar uma mudança

5 considerações sobre nossa última mudança

Como foi reorganizar tudo na nova casa


Inventário de Bens
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!