8 de maio de 2014

Você tem medo de ter filhos?

Listei 3 pensamentos que você pode ter como mulher, que fazem com que você sinta medo e adie a decisão de ter filhos, e a verdade por trás de cada um deles: oportunidades únicas de amar e amadurecer. Válidos para os homens também, só reinterpretar o texto numa versão masculina. 

 

Você tem medo de ter um filho e...


Ele ser tão peralta ou mais que o "menino maluquinho" ou aquela criança travessa que você conhece?

Não ser boa mãe porque não é muito "amiga das crianças", elas não serem tão "apaixonadas" por você, se negarem a te dar beijo e abraço, e você sentir no fundo do coração: “Eu realmente não tenho jeito com crianças. Como serei uma boa mãe se não tenho nenhuma queda por pedagogia?!”.

Perder o foco do casal no casamento, e o filho se tornar o foco da vida, a estrela do céu que antes era o casal?

 

Saiba que ter um filho é uma oportunidade única na vida de...


Exercitar sua autoridade de pai e mãe com amor e diálogo, aprender a impor limites, ensinar o que pode e quando o melhor é fazer outra coisa (porque NÃO é uma linguagem que nem todos entendem). Travessuras? A vida fica mais perigosa com um filho, quando as peraltices envolvem a segurança dele, mas em muitas situações ele te fará rir e a vida se tornará bem mais alegre e divertida!

Amar e ser amada, pois o amor que você der ao seu filho ele retribuirá a você com beijos, abraços, presentes, palavras, atenção e atitudes que te encherão de orgulho! De alguma forma ele demonstrará seu amor por você, que lhe deu a vida! Você pode não ser uma pedagoga nata, mas do seu jeito vai saber amar o seu filho e fazer ele se apaixonar por você! É uma descoberta do amor que vocês farão juntos!

Amar incondicionalmente é deixar o egoísmo de lado. No casamento o casal é o início da família, que às vezes é abençoado com filhos. Estes são herança do Senhor, integram a família e permanecem ali junto, mais dependentes, apenas por uma fase na vida do casal. Chegará a hora na qual irão constituir suas famílias, ou lutar pelos seus sonhos de estudo e profissionais, entre outros. O casal não pode perder o seu brilho e deixar sua estrela de lado, pois as caras-metades não são os filhos, mas os cônjuges.

Apesar dos filhos terem sua própria personalidade, que já vai se formando desde a concepção, eles apenas serão o reflexo de nossos comportamentos e atitudes. Se eles sentem o amor, eles crescerão felizes, se tornando adultos fortes, seguros e determinados, que também sabem amar.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!