31 de março de 2014

Como organizar os registros da gravidez?

Quando vamos ao médico, e começamos a trazer receitas, solicitações de exames e depois a colecionar os resultados destes, a pastinha da gravidez vira uma bagunça, se é que colocamos em pastinha, né? Depois ele pede para conferir o resultado e até você localizar... ah, mas isto é muito fácil de resolver! Acompanhe só como guardo os meus registros da gravidez anterior e da atual.

Na minha primeira gravidez fiquei meio perdida entre receitas, resultados de exames e outros registros. Tinha uma pastinha (aquela menor com elástico, de 10mm) que carregava comigo nas consultas, e guardava tudo lá dentro. No entanto no decorrer das 40 semanas não sabia o que estava por vir, nem o que teria de papelada para arquivar ali dentro.

Agora, no início da segunda gravidez, abri novamente esta pasta Registros da Gravidez (a primeira), analisei os registros e classifiquei-os da seguinte forma:

  1. Carteirinha de Gestante.
  2. Ultrassons e dvds em suas respectivas pastinhas.
  3. Pasta L com resultados de exames.
  4. Pasta L com receitas médicas.
  5. Pasta L com registros do parto.

Depois recoloquei ela no arquivo permanente do meu home office e abri uma nova pasta para a minha segunda gravidez, seguindo a mesma lógica. Nesta ainda há poucos papéis e uma pasta L a mais chamada @AÇÃO, onde ficam os exames ainda não mostrados ao médico e registros com providências a tomar. A carteirinha de gestante carrego sempre comigo na bolsa, caso houver necessidade e a pastinha fica em casa, só me acompanha nas consultas do pré-natal e na realização de exames. Simples e prático, não?
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!