25 de fevereiro de 2014

Projeto de Vida: Comece por você!

Minha matéria para a Revista Nécessaire em sintonia com os posts do blog...


Leia a Revista Online na íntegra

Meu primeiro vídeo de organização: mostrando a organização do meu arquivo corrente!

Já fiz um post detalhando a organização dos arquivos aqui em casa, mas resolvi hoje mostrar parte dele em vídeo para vocês, gravando assim o meu primeiro vídeo oficial de organização e mostrando um pouquinho o meu sistema de organização de arquivos domésticos: o Arquivo Corrente. Os vídeos ajudam a entender melhor aquilo que escrevo aqui, fiquei empolgada para fazer mais deles! Sempre achei que não tinha o mínimo jeito pra falar diante de câmeras. Sou direta e objetiva demais, não consigo enrolar nem contar muita historinha, por isso ele saiu bem curtinho... Se tiverem alguma dúvida, ou quiserem sugerir algo, fiquem a vontade! O que vocês acharam? Contem-me...

Meu primeiro vídeo de organização: mostrando a organização do meu arquivo corrente!

24 de fevereiro de 2014

3 palavras mágicas para você ter sucesso nos estudos

Passamos uma longa fase de nossa vida estudando, progredindo um ano após o outro, sonhando com o dia em que iremos “ser grandes” e ingressar no Ensino Médio, e depois finalmente chegar nossa vez de cursarmos uma faculdade!

Se formos analisar friamente não paramos de estudar nunca. Sempre estamos aprendendo algo, lendo algum livro (estamos, não?), fazendo cursos, ou voltados para nossa área profissional ou por pura vontade de aprender coisas novas ou ainda para mudar radicalmente de profissão. Por que nesta área, nada é para sempre.

Além da instituição de ensino e dos mestres que passam em nossa vida, também estas 3 palavras mágicas farão a diferença em nossa jornada de estudos:

Paixão


Se não estudamos o que gostamos, pelo que somos apaixonados, para que estudamos? Para agradar os outros, para receber diplomas, somente para ter reconhecimento e ganharmos mais financeiramente? Tudo o que é feito com paixão, dá resultados e frutifica. Querer aprender mais sobre determinado assunto é essencial. Nem sempre os resultados financeiros são o peso que deve nortear nossa balança.

Curiosidade

Se estudamos por estudar, e não formos curiosos que nem criança, indagando os porquês das coisas, para ver como isto funciona ou como aquilo poderá ficar lá na frente, qual será o combustível que nos moverá a realizarmos nossas metas? A curiosidade faz florescer a criatividade, que requer a busca constante por novas possibilidades.

Persistência

Tudo o que é novo nos assusta, é difícil, causa insegurança e aparentemente pode até parecer impossível e inalcançável. Porém se nos dedicamos a seguir um método, focamos nele, com disciplina, e damos um passo de cada vez, logo não estaremos mais na estaca 0. Já teremos um pequeno caminho andado, algumas barreiras vencidas, e com dedicação conseguiremos andar mais longe. Sempre será difícil. O que vem fácil vai embora muito fácil também, como diz o ditado popular. Sem dificuldade não há crescimento, nem aprendizado. Estudo sem persistência é desistência na certa.

E você, coloca paixão, curiosidade e persistência naquilo que deseja aprender? Pense nisso, pois vai te ajudar muito!

19 de fevereiro de 2014

52 objetos - explicando o projeto

COMO DESCOBRI?
Já havia visto há um tempo atrás no blog Casa da Idea, sobre os 52 objetos, acompanhei alguns posts, mas como não me tirei o tempo de pesquisar o primeiro deles para entender o sentido dos tais 52 objetos, ficou por isso mesmo. Recentemente encontrei no blog Organize sem Frescuras os mesmos 52 objetos, e aí resolvi tirar a limpo essa história. Acompanhe comigo a explicação do projeto, que você vai amar o desafio!

ONDE COMEÇOU?
“Daqui a muitos anos alguém encontra uma caixa cheia de coisas que pertenceram a você e tenta formular a sua história, descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotos, livros, documentos pessoais, roupas ou até mesmo uma embalagem de chiclete. O que esses objetos dizem sobre você? Eles contariam uma história precisa da sua vida? Que história seria essa?”
O projeto dos 52 objetos, conforme o parágrafo anterior e imagem que segue, começou no blog americano The Marion House Book, da design de interiores Emma Reddington, e Heloisa Righetto implementou-o no blog dela também, Básico e Necessário. De lá ele veio para os blogs citados acima, e acabou dando o ar da graça aqui também, pois esse lance de desafio é comigo mesma! O texto original é tão legal, que dá  vontade de traduzir todo ele aqui!


COMO FAZER?
Você tem de escolher 52 objetos que tenham algum significado para sua vida, e contar um pouco sobre eles. A ideia é escolher um por semana, assim depois de 1 ano (52 semanas), você terá completado o desafio. Pra facilitar, teremos de preencher mais ou menos assim: 

Objeto # 1-

Localização -

Número -

Origem -

Explicação -


VAMOS PARTICIPAR?
Ficarei muito feliz se você me acompanhar, pois será muito legal conhecer os seus 52 objetos, e assim não me sentirei tão sozinha neste desafio! Aproveito para divulgar a página do blog no Printerest, pois os 52 objetos também estarão por lá! Se não tiver blog, e quiser se aventurar no projeto, crie um painel por lá também! E poste logo abaixo nos comentários, para que possa conhecer os seus e um pouco mais sobre você! Desejo sinceramente que participe!

Desafio lançado, na semana que vem começo com o meu primeiro objeto...

9 de fevereiro de 2014

Hobby: um caso de amor

O que você gosta de fazer? Cultiva algum hobby? Ter um hobby e conseguir se dedicar um pouquinho para ele nessa nossa rotina meio doida é muito legal, para fazer algo diferente, pensar em outras coisas, por puro prazer e paixão. Às vezes o trabalho da pessoa é tudo isso, e acredito que estas devem ser as pessoas mais felizes e de bem com a vida que existem!

Pois eu tenho um caso de amor com a música, meio antigo, que dura mais de 18 anos. Esse casamento já foi uma paixão obsessiva, meio neurótica, quase acabou em separação, mas acho que virou amor verdadeiro. Resolvi dar um tempo pra ela no meio desse longo caminho, mas ela não largou do meu pé. De um jeito ou de outro sempre esteve presente, por perto.

Não foram poucas as vezes que me perguntei: “porque tudo tem de ser assim?” em vez de “para que tudo tem de ser assim?”. Ainda não encontrei a resposta, só sei que já reatei com meu primeiro amor pra valer, pura e simplesmente, por amor. Por ser algo que me faz feliz, me faz sentir bem, me aproxima de Deus, me desafia, me faz sonhar e refletir, me entusiasma e anima a fazer outras coisas bem feitas na minha vida. Parece um amor meio egoísta, mas não é. Se ele faz bem pra mim, fará para os que estão a minha volta também. Enterrar um talento que recebi do Papai do Céu e ignorá-lo, “por que não traz resultados”, é a pior atitude que poderia tomar na vida. Cheguei numa encruzilhada: ou desiste para sempre ou retoma, sem grandes pretensões, o que tiver de ser será.

As maiores decisões que tomei na vida foram planejadas, mas não com 10 anos de antecedência, e nem todas fizeram parte da “lista de sonhos” que tinha na vida. E muitas delas foram as que renderam as melhores lembranças, grandes aprendizados, dificuldades também, que me tornaram uma pessoa diferente, espero que melhor do que antes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!