Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

29 de novembro de 2013

Como transformei a minha cozinha gastando pouco? | Parte 1

Fiz uma mega transformação na minha cozinha no último mês, e este post visa resumir essa saga, dividida em 5 partes: como era a minha cozinha antiga, o desapego (precisava de $$$), a inspiração para a nova cozinha, o projeto de mobiliário para a nova cozinha, e enfim, como ficou a minha cozinha sem armários! Sim, essa é a essência do projeto! E foi gastando pouco, porque consegui vender minha cozinha antiga e mais outras tralhas, para bancar a cozinha nova, foi quase como um troca-troca! Bora conferir o post!

1 | A história da minha cozinha antiga 

A minha cozinha anterior era legal, na época que me casei achava a mais linda, com cara meio de cozinha da vovó do interior (sítio, campo, fazenda, roça, ou como você preferir nomear!), rústica, muita madeira. Comecei só com 4 balcões: da pia, de uma porta, de duas portas e de canto. Como ela era em módulos soltos, sempre foi fácil encaixar nos espaços que moramos. Essa é uma versão dela no apartamento em Jaraguá do Sul/SC:

Minha cozinha no apê em Jaraguá do Sul/SC em 2008


Lá pelas tantas em 2006 já estava namorando cozinhas brancas, mas resolvi escutar o marido e fomos na loja onde compramos os tais móveis em 2001. Descobrimos que ainda era vendido esse estilo de cozinhas, e poderíamos completá-la com mais armários. Fizemos as contas e concluímos que era mais vantagem completar a cozinha com mais armários. Então anexamos os armários de 3 portas, o de 2 portas, o módulo vazado, o armário dos fornos, o mini balcão de pendurar panos de prato e o paneleiro de 3 portas. Deu para organizar tudo na cozinha um pouco melhor, pois a situação por lá estava difícil (muita coisa para pouco espaço nos armários).

Minha cozinha no apê em Jaraguá do Sul/SC em 2010


Nessa época a gente não sabia exatamente o que desejava (e era mais apegado às coisas), e eu queria decidir tudo em conjunto com o marido. Não que hoje a gente decida sozinho as coisas, mas combinamos que ele encabeça as compras de eletroeletrônicos e eu as demais coisas da casa (móveis, decoração, utilidades), quando precisamos trocar ou comprar algo novo. Melhorou muito dessa forma. Claro que sempre nos questionamos mutuamente se realmente precisa, e às vezes sai faíscas, quando as opiniões são contraditórias... na verdade é muito bom sermos o freio um do outro, e não decidirmos coisas grandes na mais pura emoção. No final das contas sempre resolvemos juntos, mesmo cada um liderando as escolhas da área que entende melhor.



2 | Desapegando da minha cozinha antiga

Como já disse, essa ideia de transformar a cozinha, ainda mais com armários abertos, parecia muito moderninha para minha cara, e para poupar o orçamento (e não ter resquícios de problemas), decidi vender a cozinha antiga, e mais outras tralhas (itens de decor do quarto do Guilherme, coisas de festa infantil que guardava, peças inúteis que não faziam mais sentido para mim), para ganhar um dinheirinho e bancar a criação da nova cozinha.

Minha cozinha no apê antes

Quem comprou algumas coisas me perguntou o que estava acontecendo comigo, kkk... simplesmente estou colocando em prática aquilo que acredito, estou refletindo e escrevendo no blog. E desapeguei de verdade. No princípio parecia meio loucura, vender minha cozinha?! Mas como?! Será que não deveríamos esperar mais um pouco?! Espera que já dura alguns longos anos, é agora, e assim ela se foi. Felizmente consegui vender minha cozinha antiga, que será super útil para outra família, bem como todos os demais itens que desapeguei.

Finalmente poderei organizar a minha cozinha do meu jeito, meio diferente de organizar...



3 | A inspiração para a minha nova cozinha

Há alguns meses atrás me apaixonei por estes armários amarelos que até compartilhei na fanpage do blog, e arquivei como referência. Foi inspirada neles que desenhei os meus, em MDF na cor branca. Pois de amarelo já basta minha mesa quadrada, que talvez um dia, volte a fazer parte deste espaço.

Não tem nada de grandioso no projeto, optei pela simplicidade mesmo, somente o essencial, só o necessário. Pra que comprar armários para guardar coisa não usadas?! Foi hora de pensar bem no que manter na cozinha...

A cozinha dos meus sonhos


4 | O Projeto de Mobiliário da nova cozinha

No meu projeto de organização e decoração da casa está registrado que faria uns armários que tivessem mais a ver comigo, desenhados de preferência por mim. Para ser algo bem original e sob medida para as coisas que preciso guardar. Não pensei que conseguiria essa façanha tão rápido!

Como estou estudando e aprendendo a utilizar o programa SketchUp (o que está sendo uma maravilha!), claro que imediatamente fiz um projeto para minha nova cozinha/sala de jantar! Confiram como ficou o projeto da cozinha sem armários - ou com armários abertos!

Projeto de Interiores da minha nova cozinha
PLANTA BAIXA DE LAYOUT
Projeto de Interiores da minha nova cozinha
PERSPECTIVA 1 - ÁREA DE REFEIÇÕES

Projeto de Interiores da minha nova cozinha
PERSPECTIVA 2 - ÁREA DE TRABALHO


5 | A minha cozinha com armários abertos!


Pode parecer meio esquisito fazer móveis sob medida sem portas, liberando a entrada para o pó. Mas acho a coisa mais linda deixar as coisas à vista, organizadinhas. E limpeza tem de ser feita de todo jeito, com ou sem portas. Diminuiu muito a bateção de porta do marido tentando encontrar as coisas na cozinha, uau!

Optei pelos armários em torres para evitar furos na parede por causa de armários aéreos. É muito chato planejar o melhor lugar para esse tipo de mobiliário quando não se mora em casa própria. Só não abri mão das prateleiras, pois adoro elas! E o legal das torres é que centraliza as coisas na cozinha num só espaço, de baixo até em cima. Sem contar no espaço: 1,50cm de largura (os 2 juntos, pois um tem 80cm e o outro 70cm) e 50cm de profundidade, e ainda tem o espaço superior para usar e abusar.

Só por favor não reparem nas cadeiras de plástico, é que as outras estão em reforma, falta concluir algumas etapas finais. Não resisti e resolvi mostrar antes, até porque esse assunto “dá muito pano pra manga”!

Eis minha cozinha sem armários (fechados)...


A minha nova cozinha de armários abertos

A minha nova cozinha de armários abertos
 
A minha nova cozinha de armários abertos


Parceiros nesse Projeto:
Marcos Mengatto Marceneiro | Itajaí/SC
Móveis Rústicos Itajaí Itajaí | SC (restauração das cadeiras)
Centro Comercial Tiradentes | Maringá/PR

Confira também:

Como planejei minha cozinha sem armários?
(detalhes de como fiz o planejamento do mobiliário)

Como transformei a minha cozinha gastando pouco? | Parte 2
(tok final das cadeiras e agradecimentos)


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

❤ GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!