Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

13 de dezembro de 2011

Decorando o quarto do bebê Guilherme

Olá!!! Quanto tempo, hein?! Desde 20/07/2011, quando descobrimos que nosso bebê era um menino, as ideias para o quarto dele começaram a se definir. Em parte, pois com uma mamãe que gosta tanto de mudar as coisas, tudo está sempre em mudança, em redefinição, se renovando no lar doce lar... e assim foram estes últimos meses. Planejar, decorar e organizar o quarto do Guilherme foi uma delícia! Está sendo maravilhoso curtir cada etapa da gravidez, que agora já está na 36ª semana. Seguem algumas fotos do quarto que agora só está esperando pelo nosso menino...

Abra a porta e entre, para curtir um pouquinho comigo!!!

Guilherme


Um quarto que se adaptará ao crescimento do bebê, esta é a premissa do projeto de dormitório do bebê Guilherme. Móveis versáteis, flexíveis e criativos. Cores neutras de fundo, para destacar aspectos especiais da decoração (móveis, objetos decorativos, etc). Customização, design prático e sustentável.

Vista Geral do Quarto do bebê Gui

A parede foi pintada com tinta acrílica Suvinil Pasta de Amendoim (tom de marrom claro), com uma faixa superior na cor Berimbau (tom de marrom mais escuro), o que dá um efeito de parede mais larga, um ambiente mais espaçoso. Foram escolhidas cores neutras para o fundo da decoração exatamente para explorar e destacar outras cores nos detalhes (verde e azul).

Vista de outro ângulo do quarto

O baú guarda parte do enxoval que ainda não estará logo em uso, o cabideiro armazena bolsas, mala, acessórios, e a mesa de apoio para Livros do Bebê, Álbuns do Bebê e de Fotos, e Caixas Organizadoras para os brinquedos (as caixas em cima da mesa servem para guardar as lembrancinhas e outros acessórios do bebê).

As cores do time do coração aparecem no quadro bordado pela mamãe bem estampado na parede, e se repetem no puff, na área de banho (banheira, lixeira e cesto para roupa suja), na farmacinha, no Kit de higiene e nas almofadas.

Tapete de bichos

As fotos do book gestante foram expostas na parede, dentro de pastas L presas por um cabide com grampos, aqueles de pendurar saias no guarda-roupa. Os módulos acima do sofá armazenam objetos decorativos, presentes do chá de bebê e outros.

Baú antigo e cadeira de balanço

O berço tem como tema selva, onde predominam as cores verde escuro e branco, e motivos de bichos (elefante, urso, girafa, leão) que se repetem no tapete, nos detalhes expostos na cortina, e no próprio móbile.

Berço de bebê com tema selva

As cortinas escolhidas foram blecaute de fundo para escurecer o ambiente e sobre elas as de voal, que dão leveza e neutralidade ao ambiente, dando destaque aos detalhes (urso e elefante bordados e macaco de tecido). A cadeira de balanço veio parar aqui também, para ser aproveitada como poltrona de amamentação.

Cadeira de amamentação

A cômoda e o berço em MDF branco, juntamente com a mesa de apoio cor tabaco, num estilo mais moderno, com linhas retas, contrastam com móveis antigos, como o baú (herança do meu avô) e o sofá, cujo estofamento ainda não foi reformado, por isso recebeu a colcha de patchwork e 2 almofadas (estas feitas carinhosamente pela vovó Erica).

Manta de patchwork


Almofadas customizadas

O enxoval do bebê está organizado na cômoda (roupas, acessórios, toalhas, fraldas, jogos de lençol, cobertores, mantas), identificada em linhas gerais o que há em cada gaveta e porta. A cômoda foi colocada estrategicamente ao lado da área de banho para auxiliar como trocador e facilitar a troca de roupas e fraldas. Em cima dela o módulo em MDF armazena uma cesta marrom com itens de banho e a Farmacinha do Gui.

Cômoda e trocador de bebê

Cômoda e área de banho no quarto

Agora, de malas prontas para a maternidade, é só aguardar a chegada do lindinho da mamãe! E o barrigão só vai que vai! Espero que tenham gostado do post, foi preparado com todo amor e carinho, assim como o quarto do Gui! Que fique registrado para lembrar para sempre, pois é inesquecível esse momento!

Bolsa e mala de maternidade


Edel grávida do bebê Gui

29 de julho de 2011

Reflexões | Casa Arrumada é assim, de Lena Gino

Um poema lindo que queria ter sido eu a ter escrito, e muitos interpretam erroneamente o autor. Lena Gino teve uma inspiração maravilhosa ao compor este poema, que descreve muito bem que a prioridade da casa não são a perfeição das coisas, mas exatamente o sair do lugar, mexer, trocar, usar, viver: as vidas que nela habitam! A casa organizada existe para servir, com qualidade de vida, os que nela residem! Emocionante cada bem escrita linha...

Reflexões | Casa Arrumada é assim, de Lena Gino


CASA ARRUMADA É ASSIM

(Autora: Lena Gino.)

Um lugar organizado, limpo,
com espaço livre pra circulação
e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim,
tem que ser casa e não um centro cirúrgico,
um cenário de novela.

Tem gente que gasta muito tempo limpando,
esterilizando, ajeitando os móveis,
afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:
Aqui tem vida...

Casa com vida, pra mim,
é aquela em que os livros saem das prateleiras
e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso,
pelo abuso das refeições fartas,
que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.

Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.

Casa com vida, pra mim,
tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos...
Netos, pros vizinhos...

E nos quartos, se possível,
tem lençóis revirados por gente que brinca
ou namora a qualquer hora do dia.
Casa com vida é aquela que
a gente arruma pra ficar com a cara da gente.
Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.

6 de julho de 2011

Reflexões | Tenha Tempo

Esta reflexão não é de minha autoria, porém desconheço o autor. São pérolas que encontramos, guardamos e em momento oportuno compartilharmos...Vale a pena para refletir! Tenha tempo para o que realmente importa.

Reflexões |  Tenha Tempo

TENHA TEMPO

(Autor Desconhecido)

Para meditar...

isto é a origem do poder.

Para trabalhar...

isto é o preço do sucesso.

Para brincar...

isto é o segredo da juventude perpétua.

Para ler...

isto é a fonte da sabedoria.

Para amar e ser amado...

isto é um privilégio dado por Deus.

Para ser amável...

isto é um caminho para a felicidade.

Para rir...

isto é a música da alma.

Para dar...

pois o dia é curto demais para ser egoísta.

Para orar...

isto é o maior poder do mundo.

Para estar em comunhão com Deus...

isto é a grande necessidade da alma.

1 de julho de 2011

Reflexões | Vida, de Mário Quintana

Lembro-me que recebi este poema Vida por e-mail de uma amiga, e ele me marcou demais. Foi na época da faculdade, a mais louca da minha vida, aquelas que não temos tempo para fazer o que gostamos direito, pois estudamos, trabalhamos, cuidamos da casa, e mal conseguimos cuidar de nós mesmos. Época sem filhos, mas as prioridades eram outras. O que mais me marcou foi a frase: "Não deixe de fazer algo que gosta devido a falta de tempo, a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais". Época na qual comecei a refletir em formas de me organizar e não mais reclamar da falta de tempo. Um poema de Mário Quintana que nos faz refletir sobre reclamar da falta de tempo e o priorizar o que realmente desejamos na vida.

Reflexões |  Vida, de Mário Quintana

VIDA

(Mário Quintana)

A vida são deveres que nós trouxemos para fazer em casa.

Quando se vê, já são seis horas.

Quando se vê, já é sexta feira.

Quando se vê, já terminou o ano.

Quando se vê, ja se passaram 50 anos!

E agora é tarde demais para ser aprovado.

Se me fosse dada, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.

Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.

Dessa forma eu digo: não deixe de fazer algo que gosta devido a falta de tempo,
a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais.

27 de junho de 2011

3 R's, pense nisso também!

Você conhece e pratica os 3R's - Reutilizar, Reduzir, Reciclar? Faz um bem danado para o bolso e também para o meio ambiente! Veja meus comentários sobre cada um destes verbos...

3 R's, pense nisso também!



Reutilizar? 

Este verbo vai da criatividade de cada um. Já pensou como podemos achar novas funções para os móveis e utensílios da casa? Uma mesa pode ter mil e uma utilidades: ser usada para refeições com a família, reunir os amigos para um jogo divertido, estudar, conversar com parentes e amigos distantes pela WEB, trabalhar... Módulos de madeira podem se transformar numa estante para o home office, num criado-mudo para o quarto, num aparador na entrada da casa, numa mesa lateral para a sala, num simples armário de apoio em qualquer lugar da casa! Até cadeiras podem se tornar criado-mudo ao lado da cama! As revistas de decoração trazem ideias maravilhosas! Reutilizando estaremos aproveitando o que temos, evitando gastos, flexibilizando e renovando os ambientes! Casa nova sem gastar nada? É tudo de bom!

Reduzir? 

Consumir menos? Ah, isso parece mais difícil... Cometer desperdícios na cozinha (jogar comida no lixo), estocar produtos na despensa por muito tempo até vencer o prazo de validade, sobrecarregar o guarda-roupas com peças e acessórios que não se usa mais (este período é ótimo para organizar o espaço e separar roupas para doação, as Campanhas do Agasalho estão aí durante praticamente o ano todo!), guardar papeizinhos e mais papeizinhos que não vão mais servir pra nada (se bem organizados, os importantes estarão a salvo!), são alguns deslizes que podemos evitar! Sendo um consumidor responsável consciente e não impulsivo e consumista, o orçamento familiar vai ficar com um resultado bem melhor!

Reciclar?

Praticar a coleta seletiva, não jogar tudo no lixo comum (pois nem tudo é lixo!). Se ainda não virou hábito, sempre é hora de começar a fazer o que é certo!


Vamos reutilizar, reduzir e reciclar?! Espero que aceite meu convite! Só assim podemos esperar um mundo melhor, pois só falar e continuar com velhos hábitos, não adianta nada. Seja sustentável, faça sua parte!

LEIA TAMBÉM: Lixo Organizado, pense nisso!

LIXO Organizado, pense nisso!

Neste finalzinho de junho, mês em que comemoramos o Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06), quero escrever sobre lixo organizado. Você organiza o LIXO em sua casa? Pode parecer insignificante, mas atitudes ecologicamente responsáveis somadas certamente farão enorme diferença já hoje e no futuro, além de ser uma forma de conscientização para as novas gerações! Compartilho com você como nós fazemos aqui em casa...

O que vai para o aterro sanitário:
  • Resíduos da Lixeira do Banheiro
  • Resíduos da Lixeira para Lixo Comum (materiais não-recicláveis, guardanapos sujos, etc), que fica na cozinha/lavanderia

O que é encaminhado para reciclagem:
  • Papel da Lixeira do Home Office
  • Materiais armazenados na Lixeira de Recicláveis
  • Óleo de Cozinha (restos podem ser armazenados em garrafa pet)

Já o lixo orgânico (restos de comida, cascas de verduras e frutas, etc) que podem ser depositados na terra vão para a horta, com a prática da compostagem, virando adubo. Assim diminuímos consideravelmente o lixo que vai para o aterro sanitário!


Sugestões de Lixeiras para deixar o lixo organizado em casa!

Esta proposta pode variar conforme a realidade da sua casa, mas é basicamente o mínimo essencial que precisamos dar atenção em se tratando de lixeiras residenciais, se tivermos uma mentalidade ecologicamente sustentável.

5 sugestões de lixeiras para organizar o lixo em casa

  1. Lixeira para Não-recicláveis na cozinha;
  2. Lixeira para Recicláveis Grande, pois geralmente é esse que mais acumula na lixeira, pois a coleta seletiva não passa nos bairros com tanta frequência;
  3. Lixeira para Orgânicos na Cozinha, em cima da pia.(quem não destina a nenhum horta, geralmente joga esse no lixo comum, nos não-recicláveis);
  4. Lixeira para Home Office - geralmente são papeis que se acumulam aqui;
  5. Lixeira para Banheiro - para os não-recicláveis também.

Finalizo perguntando novamente: como você organiza seu lixo? Sabe os dias que passa a coleta seletiva na sua cidade? Destina o orgânico a alguma horta pessoal ou comunitária?! Se ainda não pratica e separa seu lixo, pense nisso e comece a organizá-lo! O meio ambiente agradece!

"Pequenos passos podem não fazer muita diferença numa jornada curta, mas para a longa jornada da vida são capazes de colocar você num lugar completamente diferente."James C. Hunter

LEIA TAMBÉM: 3 R's, pense nisso também!

14 de maio de 2011

Organizando a papelada

Como organizar a papelada da casa numa caixa de arquivo? Aqui em casa tem funcionado bem assim, e no post de hoje eu conto um pouco sobre esses sistema simples.

Antes de mais nada é interessante você ter uma caixa de entrada para os papeis, e fazer uma triagem, para não arquivar coisas que poderiam ir direto pro lixo.

Este Arquivo Corrente possui pastas para os principais assuntos relacionados ao lar. As pastas da Caixa de Arquivo (da marca Ordene) estão identificadas por números, que correspondem a diferentes assuntos. A vantagem de colocar números nas pastas é que só mudará o índice dos assuntos, no caso de revisão, que fica colado na caixa de entrada.

Seguem alguns exemplo de assuntos para você ter uma ideia de como poderia estar listando os seus:
  1. Finanças - Contas Pagas (telefone, luz, água, etc)
  2. Finanças - Notas Fiscais
  3. Finanças - Cartão de Crédito
  4. Lar - Garantias
  5. Carro
  6. Saúde
  7. Cardápios
  8. Convites
  9. Lembranças
  10. Para ler
A ideia é deixar neste Arquivo Corrente Home somente os registros do ano corrente ou os mais atuais, e fazer um descarte mais frequente da papelada, aqui mesmo, no lugar onde ela começa a acumular. Quando é feita a manutenção, para não sobrecarregar as pastas, os registros são descartados ou vão para outra caixa de arquivo (Arquivo Home Intermediário).

Não tem jeito: o segredinho para deixar tudo em ordem é dar uma atenção especial de vez em quando, e descartar o que já pode ser descartado, criando espaço!

E você, como organiza os seus papeis?!

    Caixa de Arquivo 

    Pastas numeradas na caixa de arquivo

    10 de maio de 2011

    Organizando a Secretaria

    Sou Secretária, e agora?!

    Lembro-me de meu primeiro cargo de liderança na igreja, quando assumi como secretária da Diretoria Distrital de Jovens (Distrito Gaúcho Central/RS), na época que participava da Juventude Betel, em Cerro Branco/RS. Senti um desespero inicial, pois nunca havia escrito uma ata na minha vida. Pensamentos como “Por quê eu? Por que não consegui dizer não e aceitei este cargo?” Naquela época inicialmente eu fiquei muito brava comigo mesma pela situação, só fui entender o quanto foi bom para mim esta experiência algum tempo depois. Como tudo sempre tem uma primeira vez, lá fui eu pedir ajuda do pastor conselheiro Claudir Böetcher. Sua esposa Bertha que redigiu a primeira ata do livro para mim, com as informações que lhe repassei. Ufa! A partir daí tinha um bom exemplo para seguir.

    Organizando a Secretaria

    Redação de atas, organização de correspondências e registros históricos, um aprendizado muito interessante, desde então não parei mais, tive muitas outras oportunidades de lapidar este talento recebido de Deus, tanto na igreja (em diretorias de servas, distrital de servas, paróquia) bem como em atividades profissionais. No Curso Superior de Tecnologia em Secretariado Executivo estudei Documentação e Arquivística, onde pude conhecer sobre as muitas formas de organizar registros e documentos em geral. Minha intenção com este artigo é abordar algumas questões referentes à atribuição da(o) secretária(o), dentro de uma diretoria. Talvez não seja novidade para alguns, mas pode ser encorajador para outros que acham que é algo tão difícil e complicado, que não tem o dom de escrever e/ou organizar informações e registros.

    Como organizar uma secretaria?


    É muito comum continuarmos a prática de secretaria que vinha sendo realizada até o momento de assumirmos a função. Só que nem sempre temos uma diretriz clara para seguir, ou seja, um bom exemplo anterior. Podemos ter a melhor das intenções, fazer e dar o nosso melhor, mas a dificuldade é que nem sempre temos muito conhecimento sobre o assunto. Vamos abordar então alguns tópicos principais.

    O que é uma Ata?


    É o registro em que se relata o que se passou numa reunião, assembleia ou congresso. Recomenda-se utilizar uma linguagem simples, clara e objetiva, e o texto sem parágrafos, para que não sejam incluídas informações após a ata ter sido aprovada. Devem constar na ata os nomes completos dos participantes, também cada vez que relatarmos algo que um participante falou ou propôs, pois é um registro que ficará para a história da comunidade e/ou paróquia, como saberemos quem era o tal presidente Fulano de Tal depois de uns 30 anos? Vale a dica: nomes próprios, ou referências, quanto mais completo, melhor.

    Em geral as partes de uma ata são:

    1. Título: é a identificação da reunião que está sendo relatada. No caso de atas lavradas em folhas soltas é importante que conste a numeração, para assegurar a ordem dos documentos gerados. Ex: Ata da Reunião Ordinária da Diretoria Paroquial – 01/2011.

    2. Abertura: onde deve constar data, horário, local, participantes. Ex: Aos cinco dias do mês de setembro do ano de dois mil e dez, às dezenove horas e trinta minutos, nas dependências do templo da CEL. xxx, na rua xxx, número 105, bairro xxxo, cidade xxx, estado xxx, reuniu-se a Diretoria da Paróquia Evangélica Luterana (PEL.) xxx e o pastor xxx, contando com a presença dos seguintes membros: xxx (presidente), xxx (secretária), xxx (tesoureiro) e xxx (conselheiro fiscal). Após a devoção inicial, baseada na leitura bíblica xxx e uma oração, dirigida pelo pastor xxx, o presidente xxx deu início a reunião saudando a todos os presentes e apresentando os assuntos em pauta, conforme convocação.

    3. Detalhamento: nesta parte descrevemos os assuntos discutidos e as decisões tomadas. Depois de avaliar e discutir os assuntos, é recomendável deixar registrado na forma de ações (o que foi planejado), prazos (até quanto a ação será realizada) e responsáveis (quem irá coordenar/executar a ação). Sim, pois decisões tomadas implicam em ações, prazos e pessoas responsáveis, para serem acompanhados e não ficar somente no papel. Decidir e não agir, discutir e não apresentar resultados, implica em reuniões improdutivas e líderes desmotivados. Do contrário, se é feito este acompanhamento e/ou prestação de contas nas reuniões seguintes, se torna uma rotina constante, um ciclo ativo de mudanças e melhorias.

    4. Encerramento: onde registramos quem redigiu a ata, e as assinaturas do(a) presidente e do(a) secretário(a). A leitura da ata é importante que seja feita no dia da reunião (principalmente em assembleias), para que os presentes possam fazer as observações necessárias. No caso de reuniões periódicas (mais frequentes), no máximo na reunião seguinte deve ser lida e lavrada pela(o) secretária(o), pois a ata só terá validade se for aprovada pelos participantes. Assim, a aprovação da ata pode ser realizada e registrada no início da próxima reunião da equipe. Ex: A reunião encerrou-se às vinte e uma horas e trinta minutos. Esta ata, elaborada por xxx, foi lavrada, lida e aprovada, e vai anexa a lista de presenças, assinada por todos os presentes. Cidade xxx, 5 de setembro de 2010. Presidente: fulano de tal. Secretária: fulana de tal.

    Listas de Presenças


    No caso de reuniões de diretorias, como são poucas pessoas, os nomes das pessoas presentes podem constar na redação da própria ata. Para assembleias, que geralmente temos mais presenças, é importante que todos assinem no dia da mesma, para ser coerente com as decisões que foram tomadas e apresentadas, pelos membros presentes e votantes.

    Assinar as presenças no livro de atas, depois da ata lida e lavrada não é coerente, pois fica inviável colher assinaturas retroativas, ou assinar quem não esteve presente no dia da reunião, por exemplo.

    Convocações para Assembleias


    É uma prática importante, pois todos os membros precisam ser comunicados e convocados para as Assembleias, sejam de Comunidade ou Paróquia. Assim os assuntos também são definidos previamente, e a pauta da reunião não é elaborada no dia, para dar um caráter de decência e ordem. Pode ser redigido, colocado no mural, lido depois de um culto, publicado no Blog, enfim, importante é levar a informação aos interessados!

    Correspondência Recebida e Expedida


    Existe uma ferramenta importante na Gestão de Documentos que é a Tabela de Temporalidade, que define o período de guarda de registros. Algumas empresas e organizações se baseiam nela para realizar o descarte de registros, pois nem tudo é necessário a guarda permanente. Como na IELB não temos nada semelhante, vamos seguir pela regra geral, a mesma que usamos em nossos arquivos domésticos. Vai do bom senso a guarda de cartas antigas, o que for de valor histórico e mais significativo, nós podemos manter.

    Registros Digitais ou Manuscritos?


    Existe a maneira tradicional, que é manter o registro manuscrito em livros de atas e presenças. Porém eu sugiro e acho mais interessante criar uma organização eletrônica destes registros, digitar as atas, imprimi-las e depois de terminada a Gestão da Diretoria (geralmente de 2 anos) encaderná-las na forma de livro (como aqueles de trabalhos de TCC, com capa preta). O mesmo pode ser feito com as listas de presenças. Cria-se um formulário eletrônico, imprime-se, coletam-se as assinaturas no dia da Assembleia e depois de terminada a gestão, encaderna-se da mesma forma que o livro de atas. Os registros podem ser organizados em pastas com plásticos até finalizar o período de gestão da diretoria. É mais prático do que a forma tradicional, além do que as atas podem ser salvas em PDF, ficando assim em duas mídias diferentes: digital e impressa.

    No caso de reuniões de departamentos podemos utilizar também um roteiro de ata pré determinado, para organizar as informações, com os assuntos e presenças no mesmo formulário (neste caso também serão impressos e encadernados).

    O que não fazer...


    É triste encontrarmos livros de atas ou presenças com folhas coladas, pois as pessoas argumentam que “esquecemos de trazer o livro no dia e fizemos a ata ou assinamos a lista de presenças em outro papel”. Isto não é recomendado, de forma alguma. Assim como colar relatórios financeiros em livros de atas. Devemos referenciar os valores gerais, ou o período contábil apresentado, e manter os relatórios organizados na tesouraria (tópico para outro momento!). Na ata vai apenas uma referência ao relatório.

    Registros necessários para cada grupo


    Para Diretorias Distritais (Servas, Leigos, Jovens):
    • Atas das Reuniões de Diretoria
    • Atas dos Congressos Distritais e outros Eventos
    • Listas de Presenças Congressos Distritais e outros Eventos
    • Correspondência Recebida e Expedida
    Para Diretorias de Congregações e Paróquias:
    • Atas das Reuniões de Diretoria
    • Ata de Assembleias Ordinárias e Extraordinárias
    • Lista de Presenças das Assembleias Ordinárias e Extraordinárias
    • Convocação de Assembleias Ordinárias e Extraordinárias
    • Correspondência Recebida e Expedida
    Para Departamentos:
    • Atas das Reuniões
    • Correspondência Recebida e Expedida

     


    Modelos para Downloads


    Clique nos links listados abaixo para fazer o download dos formulários citados neste artigo. Espero que possam auxiliar na organização de seus trabalhos como secretária(o)!

    Que Deus vos abençoe e capacite a servirem com alegria em seus corações, dando sempre o seu melhor, pois “O que vocês fizerem façam de todo o coração, como se estivessem fazendo para o Senhor e não para as pessoas” (Cl 3.23).

    1 - Atas Reunião de Diretoria
    2 - Lista de Presenças - Reunião Diretoria
    3 - Convocação Assembleia
    4 - Ata Assembleia
    5 - Lista de Presenças - Assembleia Ordinária
    6 - Lista de Presenças - Assembleia Extraordinária
    7 - Gestão - Capa do Livro
    8 - Reuniões e Assembleias - Capa do Livro

    28 de abril de 2011

    Organizando meu Projeto de Vida

    Você gosta de fazer planos e sonhar com o que pretende fazer daqui a 1, 5 ou 10 anos? Ou está desanimado porque suas promessas de ano novo ficaram somente nas promessas de fim de ano, lá em 2010, aquele que já se foi?!

    Você já parou para pensar na sua vida como se estivesse administrando uma empresa, definindo qual é a sua missão, quais são os seus valores, seus objetivos de vida e ações que pretende realizar a curto, médio e longo prazo para alcançar suas metas e objetivos? Tudo isto lhe parece muito complexo?

    Realmente, à primeira vista pode parecer. Como acompanhar se nossas metas estão sendo alcançadas, se nem sabemos ao certo em direção de que meta estamos indo?!

    Ao conhecer o material MEU PROJETO DE VIDA, é possível que você se empolgue e comece a fazer o seu, colocando seus sonhos no papel e depois tornando-os realidade...

    Eu já tenho o meu, que volta e meia volto a relembrar, analisar e para não deixar de colocar em prática.

    Boa reflexão!



    Organizando meu Projeto de Vida

    Organizando as Finanças do Lar

    Uma boa organização das Finanças Domésticas tem tudo a ver com um Orçamento bem elaborado. Com base num Orçamento Anual, por exemplo, pode-se verificar o que será realizado, conforme o decorrer dos meses. Tem-se desta forma uma excelente ferramenta de controle dos recursos disponíveis, facilitando a administração financeira do lar. Este assunto é muito bem abordado no livro “Sobrou Dinheiro!: Lições de Economia Doméstica”, de Luis Carlos Ewald.

    Foi após a leitura deste livro que elaborei uma ferramenta para gerenciar as Finanças do Lar numa planilha do Office Excel. A ideia é planejar as receitas e despesas numa planilha no início do ano, que será o Orçamento base. Depois basta atualizar mês a mês e acompanhar o que será realizado.

    Como em minha família temos o hábito de pagar contas com o cartão de débito automático e usar para algumas compras o cartão de crédito (de forma responsável, claro!), a maioria das despesas aparece no extrato de movimentação bancária da conta corrente. As despesas realizadas com os saques registramos em outra planilha mais simples (Controle das Despesas em Dinheiro), para depois lançar na planilha das Finanças do Lar. Espero que esta ferramenta possa ser útil para você!



    Organizando as Finanças do Lar

    20 de março de 2011

    7 hábitos das pessoas organizadas

    Ser organizada (o) nos dias de hoje é uma necessidade básica, e você só tem a ganhar ao implementar esses bons hábitos na sua vida. São regras simples, mas que fazem uma enorme diferença! Confira se você possui esses 7 hábitos das pessoas organizadas, e comece hoje mesmo a praticá-los! Quando você se dará por conta eles já farão parte da sua rotina, pois, claro, é tudo questão de hábito!

    7 hábitos das pessoas organizadas

    7 hábitos das pessoas organizadas



    1. Elas possuem um lugar para cada coisa.

    Cada item que possuem tem um local adequado, uma "casa". Os livros estão na estante de livros. O lugar dos brinquedos é no quarto de brinquedos ou no armário próprio para eles. Os CDs estão caixas, gavetas ou em porta CDs, organizados por gênero ou artista por exemplo. Os documentos estão em pastas de arquivo, etc.

    2. Elas colocam as coisas de volta no lugar.

    Uma vez que um objeto qualquer não será mais utilizado, eles não ficam vagando por lugares temporários. Estes objetos, após serem usados, retornam imediatamente à sua "casa", ao seu local de origem.

    3. Elas anotam suas tarefas e lembretes.

    Pessoas organizadas costumam anotar seus compromissos, tarefas e listas de lembretes. Isto é feito de forma constante e consistente, em suas agendas (de papel, computador ou computador de mão). Elas não se arriscam a se esquecer das coisas. Elas sabem que suas memórias não são confiáveis e que suas agendas estão ali exatamente para cumprir esta função.

    4. Elas não acumulam papeis

    Papeis e documentos que devem estar guardados, são arquivados diariamente. Correspondências são abertas perto do lixo, e papeis desnecessários são descartados imediatamente. Contas são colocadas na pasta de contas a pagar, revistas são lidas e guardadas por uma semana ou duas, depois doadas ou descartadas.

    5. Elas não deixam as coisas para depois.

    Quando alguma coisa deve ser feita, as pessoas organizadas costumam agendar, planejar ou simplesmente executar a tarefa o quanto antes. Desta forma evitam acumulo de serviço, prazos apertados e outros problemas causados pela procrastinação (procrastinar é voluntariamente deixar para depois o que deveria ser feito agora).

    6. Elas possuem prazos e objetivos.

    Pessoas organizadas sabem que para obterem resultados, precisam saber claramente aonde querem chegar e em que prazo. Elas fazem revisões periódicas em seu planejamento.


    7. Elas procuram manter apenas as coisas necessárias.

    Pessoas organizadas não acumulam coisas. Não ocupam espaço com objetos inúteis, roupas que não utilizam há anos, revistas antigas e outras tranqueiras. Apenas as coisas que lhe são úteis ou proporcionam algum prazer, são mantidas. Estas pessoas acreditam na simplicidade. Elas respiram mais facilmente se puderem circular em seus espaços sem ter que esbarrar em caixas ou mergulhar em armários abarrotados."

    Fonte: www.organizesuavida.com.br

    26 de fevereiro de 2011

    Antes e Depois | Meus primeiros Projetos de Organização

    Minhas primeiras Oficinas de Organização realizadas depois de certificada como Personal Organizer - Organizando guarda-roupas, cozinha, despensa, arquivos, home office, fotos... confira algumas fotos de Antes e Depois dos meus primeiros projetos de organização!

    1. Organização do Guarda-roupa da minha mãe


    Claro que a mãe teria de ser a primeira cobaia, não é mesmo? Então, lá fui eu, aproveitar que estava no RS visitando ela para dar uma geral no armário! Close do Antes e Depois da parte central das prateleiras do guarda-roupa!

    Antes e Depois | Projetos de Organização de Guarda-roupa

    Antes e Depois | Projetos de Organização de Guarda-roupa

    Visão geral da organização do guarda-roupa - antes e depois!

    Antes e Depois | Projetos de Organização de Guarda-roupa

    Antes e Depois | Projetos de Organização de Guarda-roupa

    Guarda-roupa é lugar de roupa, cômoda antiguinha? Vamos deixar ela para sapateira?! Minha mãe adorou a ideia! Assim reunimos todos os calçados num móvel só!

    Antes e depois da organização de cômoda no quarto

    Antes e depois da organização de cômoda no quarto


    2. Organização de Guarda-roupa de casal


    O segundo guarda-roupa foi dos meus sobrinhos, que toparam o desafio. Esses antes e depois ficaram bem contrastantes! Porém somente as pilhas altas - não é a melhor alternativa, mas necessária quando o guarda-roupa não permite outro formato! Dividir um armário pequeno entre dois não é fácil, a mulherada sabe como é...

    Antes e depois - o lado dela!

    Antes e depois da organização de guarda-roupa feminino

    Antes e depois da organização de guarda-roupa feminino

    Antes e depois - o lado dele!


    Antes e depois da organização de guarda-roupa masculino

    Antes e depois da organização de guarda-roupa masculino


    3. Organização da Cozinha da C.E.L.Ebenézer


    A cozinha da Comunidade Evangélica Luterana Ebenézer, de Jaraguá do Sul/SC, foi completamente reformada e óbvio que não poderia deixar de organizar o novo armário! Essa organização foi uma prévia, pois a ideia é instalar prateleiras dentro deste "armário de alvenaria", o que facilitará muito mais, do que com um espaço tão grande assim, como está neste momento. Algum start é preciso dar, então, tá feito! Agora só aprimorar!

    Um recurso super simples e barato foram estas caixas plásticas, que setorizaram muito melhor todos os itens da cozinha. 




    ALGUNS ESPAÇOS ANTES


    ALGUNS ESPAÇOS DEPOIS



     As caixas da direita armazenam talheres!





    4. Organização de Despensa


    Organizei a despensa de família na residência de um casal de amigos, e foi um desafio super legal! Utilizei recursos disponíveis na despensa mesmo - potes de sorvete, cestos, bandejas, e caneta colorida para identificar cada coisa. Um relatório com possíveis melhorias foi entregue a família sugerindo produtos organizadores que poderão ser adquiridos para deixar as estantes mais harmoniosas e com uma organização mais "bonita" além de funcional.

    ANTES DA DESPENSA

    Antes e Depois | Projeto de Organização de Despensa

    Antes e Depois | Projeto de Organização de Despensa

     DEPOIS DA DESPENSA

    Antes e Depois | Projeto de Organização de Despensa

    Antes e Depois | Projeto de Organização de Despensa


    5. Organização de Arquivo Institucional


    Os documentos da Paróquia e Comunidade Evangélica Luterana Ebenézer (Jaraguá do Sul/SC) estavam "arrumados" em caixas de arquivo, porém não devidamente organizados. Era uma paróquia nova e formada recentemente, por isso havia poucos registros históricos. Em vez de organizar os registros em arquivos de aço, optou-se por caixas de arquivo simples, onde puderam ser armazenados os principais documentos de cada uma das duas comunidades e também livros antigos. As divisórias foram feitas com papel cartão verde e identificadas com papel adesivo e caneta.


    Pastas L e uma folha de rosto identificada com o conteúdo da pasta, e também os dados do arquivo e instituição.

     

    6. Organização de Arquivo Empresarial no SENAI/SC


    Os resultados que seguem fizeram parte da implementação do projeto de padronização do arquivo permanente do SENAI/SC de Jaraguá do Sul, que desenvolvi durante o Relatório de Estágio (TCC) da faculdade de Secretariado Executivo e implementei depois no setor financeiro da instituição! A principal mudança neste setor do arquivo foi a troca de pastas AZ por caixas de arquivo onde triplicamos o espaço de guarda! E o balcão de apoio antes lotado, agora ficou totalmente disponível para apoiar as caixas no momento de pesquisar algo! Os novos espelhos (identificações das caixas) também foram fruto do trabalho de padronização.

    Antes e Depois | Projetos de Organização de Arquivos Institucionais e Empresariais

    Antes e Depois | Projetos de Organização de Arquivos Institucionais e Empresariais

    Antes e Depois | Projetos de Organização de Arquivos Institucionais e Empresariais
     
    Antes e Depois | Projetos de Organização de Arquivos Institucionais e Empresariais

    Antes e Depois | Projetos de Organização de Arquivos Institucionais e Empresariais

    Antes e Depois | Projetos de Organização de Arquivos Institucionais e Empresariais




    7. Home Office do Maridão 


    No home office do maridão reuni diversos materiais dele em caixas de arquivo (recomendei que descartassem mas ele resolveu manter mais um tempo...), livros, revistas, pastas de trabalho (caixas de arquivo inferiores), e alguns apetrechos do hobby dele (manutenção de computadores).



    8. Meu Home Office

    Na minha casa o espaço mais crítico é o home office, então ele foi um dos meus primeiros alvos por aqui! Sempre dividi minhas "tralhas de escritório" com o espaço do office do maridão, só que queria ter o meu próprio home office. Assim foi uma saga até esclarecer como organizar essas minhas coisinhas, que reuniam lembranças, hobbies, livros, revistas, documentos da casa, materiais de cursos e música, etc e tal. As minhas estantes são uma loucura: os módulos são soltos, então posso fazer mil combinações! Acho que irá demorar uma solução "definitiva" para elas, pois adoro testar de um jeito e de outro. Muito a minha cara! Vocês ainda verão muitas versões delas por aqui, aguardem!




    9. Organização de Arquivo de Fotos Institucional


    Quando a Comunidade Evangélica Luterana Ebenézer comemorou 25 anos de fundação, em outubro de 2010 fizemos uma grande festa com um mural de fotos super especial revivendo toda a história! Foi muito bacana resgatar essas memórias e deixá-las devidamente organizadas tanto em álbuns físicos como em meio digital! Seguem algumas montagens feitas, e também o painel de fotos!

    Organização de Arquivo de Fotos Institucional


    Antes e Depois | Projeto de Organização de Fotos


    Antes e Depois | Projeto de Organização de Fotos

    Organização de Arquivo de Fotos Institucional

    Organização de Arquivo de Fotos Institucional



    10. Organização de Arquivo Fotográfico



    Tenho um grande desafio pela frente de organizar minhas fotos, mas alguns álbuns já estão devidamente em ordem! Este são projetos mais antigos, de bem antes dessa história de Personal Organizer. Um álbum é de fotos pessoais minhas (de 1981 até 1996), um é das nossas férias (de 2001 até 2008) e outro é da minha colação de grau em Secretariado Executivo (2008).


    Antes e Depois | Projeto de Organização de Fotos


    Antes e Depois | Projeto de Organização de Fotos

    Antes e Depois | Projeto de Organização de Fotos

    Tudo que rolar de organização na minha vida, compartilharei por aqui. Então, posso garantir, que projetos de organização é o que não faltará!!! Espero que gostem e se inspirem também!

    ❤ GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!