Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

16 de agosto de 2018

Como fazer Bolo de Fraldas para Chá de Bebê | DIY (Faça Você Mesmo)

Como fazer um bolo de fraldas simples e fácil para o Chá de Bebê ou de Fraldas no estilo caracol? Você confere neste vídeo! Há 4 anos atrás fiz um tutorial aqui no blog, e mostrei fotos de como foi o bolo do chá de fraldas do Miguel, era bem nesse estilo, porém com a decor um pouco diferente. Desta vez fiz com 3 andares, as mesmas fitas, que já decoraram o canto do berço dele na época no nosso quarto, usando sapatinhos diferentes, pois os antigos já doei, e esses foi o primeiro presente que o Guilherme ganhou, então, preservo! A forma verde é a tradicional de bolo mesmo, combinando com os detalhes em verde! Confiram o vídeo superdivertido e chega de papo furado!

Como fazer Bolo de Fraldas para Chá de Bebê | DIY (Faça Você Mesmo)

14 de agosto de 2018

Memórias de Viagem | Férias em Família e Viagem a Dois | Julho/2018

O post de hoje é o registro de lembranças de férias & trabalho do mês de julho/2018, que foi muito especial, pois começamos com uma viagem com os meninos e depois embarcamos noutra somente a dois! Quis registrar de uma forma diferente, então inventei o desafio #julhoem12fotos no instagram, para reunir os melhores momentos daqueles 15 dias por lá. Como sempre as coisas boas vem para cá também, e vice-versa, hoje faço o registro aqui no blog! Muito mais do que sair filmando, adoro sair vivendo, e escrever as memórias depois, nem que seja quase 1 mês depois. Então, lá vai o Diário de Viagem e o desafio organizado para finalizar esse papo pessoal mas cheio de aprendizados legais!

📌

 Férias em Família

Consegui me organizar finalmente para garantir que blog e canal seguissem seu curso de posts e vídeos de forma independente e eu pudesse tirar alguns dias de férias. Trabalhei feito louca antes, claro, para deixar além destes espaços a casa também andando quando não estivesse por aqui. Achei que escreveria, gravaria vídeos, se tivesse vontade, mas não tive muito não. Quis fazer mais fotos, e cá entre nós, não fazer muita coisa que não fosse refletir, divagar, observar.

As férias coincidiram com as do Gui na escola, propositalmente, então logo nos primeiros dias saímos com eles. Fomos a uns dois anos atrás conhecer a Pousada A Fazendinha, e Gui sempre voltou a falar dessa viagem, com tanta saudade, que escolhemos ir para lá novamente. É pertinho, umas 4h de viagem, e os dois amaram. Confesso que algumas coisas foram melhores no primeiro passeio, outras foram melhores agora, e em resumo, o local já foi bem explorado por nós. Estamos precisando de novos lugares - eu e eles.

Desta vez ficamos num quarto melhor, mais perto da cozinha, o que facilitou preparar um café de tarde é o leite dos meninos a noite, além da pipoca no microondas no dia do piquenique. Na real, só montei o cenário, tiramos umas fotos, e praticamente comi a pipoca sozinha. O parque estava mais interessante para eles. Como é um lugar aberto e cheios de coisas interessantes, tem diversão a beça pra criançada. A gente descansa enquanto eles brincam! A tirolesa é o preferido deles, mas aí os papais tem de dar uma força.

Conseguimos aproveitar bem a piscina desta vez. Eu só entrei no primeiro dia, mas os meninos foram no segundo também. Tentei fazer fotos dos 3, mas não teve muito jeito. Então meu marido nos fotografou, aí eles fizeram bonito! A folia é com eles. Comecei a ler - terminei de ler - Depois de Você. Evito mergulhar na leitura desse tipo de livro, mas não queria nada técnico, mas leve e adorável. Essa história é muito tudo isso, me envolvi tanto que só consegui parar quando cheguei na última página. Nunca tinha lido algo sobre luto nessa perspectiva, tão superficial mas que deixa seu recado, é muito interessante. Não tem o consolo que comentei nos 7 fatos que talvez você não saiba sobre luto, mas tem outros lados da moeda que valem ser considerados.

A viagem era mais para descansarmos e curtirmos os meninos, e isso deu para fazer legal. Só que sair da rotina, e brincar na água, cansa! No fim do dia eles podiam, cansados, brincar um pouco no celular e tablet, e tínhamos tranquilidade para tomar um chimarrão sem preocupações.

Assim se passaram os 3 dias na pousada e voltamos para o calor de Porto Mendes. Comecei a organizar tudo para a próxima viagem, agora só nós dois. Tudo estava sob controle aqui em casa, bem encaminhado. Todos ficariam bem cuidados. Minha prima veio passar uns dias aqui, para dar uma força para minha mãe com os meninos. Por incrível que pareça, quando somente um de nós 3 está com eles, os meninos ficam bem mais obedientes e tranquilos. Também não faltou conselhos para eles, de minha parte. "Tá mãe, tá mãe.". Recomendações nunca são demais.


Viagem a Dois


A viagem de 17 horas no ônibus, de segunda para terça foi cansativa. Não consegui dormir direito, acho que muito ansiosa pela semana que teria. Fico meio maluca às vezes, e minha mãe também é assim (especialmente quando viaja), então, já sei que não tenho jeito. As refeições saem bem fora do normal, é essa é a parte chata de viajar, mas compensa os ganhos.

Viemos na terça para prestigiar o lançamento do livro Trabalho Organizado da querida Thais Godinho em Campinas, que aconteceu no Parque Dom Pedro Shopping a noite. Foi incrível passar uns momentos com ela, e ter tido a oportunidade de registrar esse bate-papo Sobre Vida e Trabalho Organizados em vídeo para compartilhar com a galera aqui do blog e do canal! Se sonho organizado vira objetivo, objetivo traduzido em projetos vira realidade!

Iríamos para Campinas só na terça, mas aí quando vi a agenda de lançamentos do livro, logo pensei que se ela topasse conversar comigo, mudaria tudo! Foi uma grande alegria para nós! Ter alguém que você admira tanto como amiga já é o melhor presente! Obrigada Thais!

Porém nem tudo foram flores nessa viagem, e sendo bem sincera, contarei um trecho dessa parte confusa e perturbada também. Planejei um passeio para Itapetininga de quarta para quinta-feira, pois nosso curso só começaria na tarde de quinta. Foi tão legal ter ido na casa da minha prima com a mãe ano passado, que quis repetir o passeio, Jack não os conhecia, e ele curte essas coisas de visitar amigos e parentes. A visita foi bacana, show de bola.

Minha intenção também era realizar algumas metas que tinha para 2018, lá em Itapê, mas a resposta que tive me deixou profundamente reflexiva e abriu meus olhos para o que realmente devo considerar meta de vida. Foi bem complicadinho, mas talvez precisasse ter passado por isso para me tocar. Ainda me sinto uma grande babaca, mas vai passar. Grandes saltos, grandes tombos. Duas vezes.

A viagem de ida e de volta de Itapê foram bem tensas para mim. Tantas coisas passaram na minha cabeça, não só sobre esse assunto. Os sentimentos do meu coração, os pensamentos da minha cabeça... eu preciso me entender comigo mesma. Parar de tentar invadir a privacidade das pessoas. Parar de forçar as coisas. Parar de querer coisas que não tem nada a ver comigo. Parar de tentar fazer as coisas acontecerem porque eu quero. Não basta somente eu querer. E o que eu quero talvez precise mudar. Talvez não: preciso mudar mesmo. Não só a cor do cabelo.

A Conferência MML (Missão, Ministério e Liderança) começou na quinta, mas o clima só melhorou para mim quando consegui conversar com Jack. Então tudo ficou mais claro, e eu me senti melhor. Isso aconteceu na sexta-feira a noite. As palestras foram maravilhosas, e como meu marido me disse, e como eu saberia que seria, eu ouviria coisas que Deus estava querendo me dizer a tempos e me fazia de surda. Não só eu, ele também. Precisávamos desse momento de reflexão, e me abrir para viver com sinceridade, como sempre fiz. Relutei com algumas afirmações, mas tive de concluir que estava errada em minhas posições.

Jack e eu nunca tivemos segredos. Ele sempre foi meu único e melhor amigo. No combo: marido, amante e parceiro em todas festas e ciladas da vida. Adoro estar só, mas me fechar em mim mesma, e achar que isso é bom ou normal não me torna uma mulher mais confiante e segura. Eu preciso dele, e ele de mim. A gente se ferra nessa dependência, pois não somos somente nós dois na vida que existimos.

Agora ouvir o pastor Scott Rische falar "não é bom que o homem viva só" (Gn2.18), me fez lembrar quantas vezes eu achei que melhor seria ser só eu sem importunar ninguém com minhas confissões. Vê-lo abrir os braços e comparar o formato do corpo humano ao de uma cruz, que se liga a Deus (para ter um relacionamento de pai para filho com ele) e ao nosso próximo com os braços que abraçam e perdoam... me emocionei. E me fez sentir gratidão por aquele momento tão simples e ao mesmo tempo tão maravilhoso, por relembrar que somos filhos do melhor pai do mundo: nosso amado Deus! O ignoramos, o desprezamos, o entristecemos, e ele está sempre lá, de braços abertos para nos abraçar e nos dar o seu perdão. Para nos puxar pelo braço e nos falar a verdade em amor. Será sempre assim, um relacionamento totalmente imperfeito.

Saber disso é tão bom, mas não dá para abraçar e agradecer ou pedir perdão para ele, olho no olho. Por isso precisamos uns dos outros. Para dar esse abraço, para olhar no olho e dizer que ama, para encher de beijos, para cuidar, para perdoar, para viver conosco. Realmente, não é bom que o homem viva só.

Todas reflexões foram oportunas e maravilhosas. Falou-se em teologia pura (o que acho um pouco chato, mas meu marido ama, então vale respeitar), missão (temática melhorando), planejamento e liderança (o que amo de paixão), e a mensagem de Deus, que é tão simples como o exemplo da cruz, de uma forma lúdica para adultos. Pastores e esposas traduziam que o casal de americanos falavam, e foi incrível, muito top a tradução instantânea! Fiquei me perguntando por que parei de me aperfeiçoar no inglês. Perdemos a oportunidade de nos comunicarmos na língua deles e fazê-los se sentirem em casa.

Estamos sempre nos questionando sobre a vida, sobre nossas prioridades, sobre onde queremos chegar e com quem ao nosso lado. É uma bênção indescritível o quanto essa Conferência já começou a mudar nossas perspectivas e abriu nossos olhos para tantas coisas. Não é a toa que os casais que se despedem do programa, concluem essa jornada, o fazem saudosos e com lágrimas nos olhos. Começam mais observadores que falantes, como nós, mas confiantes de que mergulhar na Palavra de Deus e crescer junto com ele ao nosso lado é a garantia do melhor que podemos esperar para nossas vidas. Obrigada Deus! 

Desafio Julho em 12 fotos

Foto 1 ♥️ Estou tão feliz e agradecida a Deus por tudo o que aconteceu no mês de julho, que comecei a escrever um post sobre lá no blog. Textão mesmo. Porém enquanto não termino ele, vou compartilhar algumas montagens de fotos que fiz para deixar registrado aqui. Quero olhar para trás, ver essas fotos e lembrar o que tem por atrás delas. Essa escassez de fotos por aqui não é coisa de Edel. É Edel de férias. E não estamos mais de férias. Vem desafio pós férias. Julho em 12 fotos.

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 2 ♥️A primeira coisa que fizemos foi descansar e curtir os meninos. E isso dá pra fazer ao mesmo tempo? Dá sim. Enquanto que eu descanso Jack faz folia com eles. kkk. Eu cuidei de toda parte "organizacional" para que esses dias acontecessem. Ainda bem que fez calor e deu para aproveitar legal!

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 3 ♥️ O lugar que escolhemos para passear com os meninos nas férias (estou recordando alguns fatos de julho para quem não pegou o desafio do começo) foi um cantinho super especial que nos traz boas recordações de 2 anos atrás, não muito distante daqui. De uma casa do interior para uma pousada do interior. Os meninos amaram, e nós também.

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 4 ♥️ Perdoem-me se não escrevo tudo e vocês ficam a ver navios sem entender bulhufas. Esse foi um dia reflexivo que não poderia descrever senão ninguém entenderia nada, nem eu mesma. Não estamos brigados, não! Só eu tenho minhas confusões interiores às vezes. Até mesmo viajando. Não devo ser realmente bem certa das ideias. Por isso não há legenda perfeita para uma montagem dessas. A pose na escada eu que sugeri. E a do piano também. Esse é o legal de se hospedar em hoteis, sempre dá para matar a saudade das teclas (como se desse saudade).

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 5 ♥️ Só passando para contar que tá rolando um bate-papo muito oportuno sobre organização e produtividade lá no canal! Entrevistei a Thais Godinho no dia do lançamento do seu livro Trabalho Organizado, acreditem! O que será que perguntei para ela, minha gente?! Consegui listar 7 questões intrigantes, e fazer um Responda Rápido Criativo para conhecer mais sobre ela, na verdade, nada que já não soubéssemos! Só que ela sempre nos surpreende com suas respostas, confere lá! Obrigada Thaís!

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 6 ♥️ Viajar só nós dois: meio desacostumada com esse fato. Relembrando o começo da viagem eu percebo o quanto sou individualista e crica nas primeiras horas. Talvez um mix de alegria e ansiedade, só isso, depois passa! Só Jack para me aguentar, me ouvir falar sem parar e me fazer rir não me levando a sério quando não devo ser levada a sério. Chegando, cansados, depois de 17 h de viagem, mas felizes por enfim, termos chegado.

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 7 ♥️ É sempre bom passar tempo com pessoas especiais! Tão pertinho, como não aproveitar a oportunidade novamente!? Do interior do PR para o interior de SP. Essa é a melhor parte de ser recordada!

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 8 ♥️ Começamos o MML-MissãoMinistérioLiderança. Um programa da @ielboficial que sempre namorei desde que iniciou, e enfim, embarcamos na turma deste ano. Voltamos a estudar juntos. Sabia que ouviríamos coisas que precisávamos ouvir (e isso sempre é muito bom), agora sair da primeira Conferência com o marido se comprometendo consigo mesmo a aprender a se organizar com o GTD foi surpresa. Nada influenciável por mim, verdade. Mas que irei pegar no pé a partir de agora, irei.

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 9 ♥️ A vida é muito simples, o plano de Deus para nossas vidas também. Nós é que complicamos tudo. Eu quero mudar isso, e descomplicar. Momento de aprendizado e descontração. Porque a gente também se diverte depois de estudar bastante!

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 10 ♥️ Na volta de viagem aproveitamos para colocar o papo em dia e também nos despedir! Sucesso em seus novos desafios primo! Ah, o melhor sorvete que já saboreei até hoje, e olha que não sou muito ligada nisso! É sempre muito divertido conversar com vocês!

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 11 ♥️ "Não é bom que o homem viva só." Gn.2.18. Realmente não é bom. Amo encontrar pianos por aí, e tirar fotos com eles. Amo vinho, com ou sem você. Amo você.

 Desafio Julho em 12 fotos

Foto 12 ♥️ Você já parou para pensar por que o corpo humano de braços abertos tem o formato de uma cruz?! Será pura coincidência ou obra perfeita de Deus!? Ele quer nos conectar com ele, ter um relacionamento conosco (somos seres capazes de escolher sim ou não), e que nós nos conectemos uns com os outros, em amor e perdão. Um abraço que chama. Um abraço que conforta. Um abraço que em Deus não podemos dar, mas uns nos outros sim. Milhares de vezes. Incontáveis vezes. Esse foi um dos insights maravilhosos que trouxe comigo desta conferência. Tão simples, mas que me emocionou muito. Como é bom sermos filhos amados de Deus! Temos com certeza o melhor PAI DO MUNDO! Quis compartilhar isso com vocês. Muito oportuno ao dia de hoje!  (Dia dos Pais!)

 Desafio Julho em 12 fotos

Talvez essa seja uma forma diferente e interessante de registrar Memórias de Viagem. Sei que foi textão em exagero, mas é o resumo de muitos dias! O que me dizem?! Abolimos quaisquer confissões da Edel!?

12 de agosto de 2018

Organize e decore gastando pouco! - Tok 32 | Desafio 52 toks de organização e decor

Este post faz parte do projeto 52 toks de organização e decor, e no Papo Reto Decor de hoje falaremos sobre “Organize e decore gastando pouco”, a especialidade de quem busca soluções simples, criativas e sustentáveis em organização e decor da casa! Como organizar e decorar a casa sem gastar muito?! Confira 7 dicas essenciais para realizar esse desafio com sucesso!

1 | Pintando paredes.

A cor das paredes de uma casa diz muito sobre o estilo de seus moradores e é a minha estratégia número 1 para mudar a cara de um espaço sem gastar muito – considerando a durabilidade e facilidade de limpeza depois! As cores trazem seus próprios significados, e tem seus efeitos próprios, vale a pena considera-los na hora de escolher! No entanto, muito branco pode significar amplitude e paz para alguns e cara de hospital para outros. Vermelho pode significar paixão, amor, vida, alegria para alguns e uma cor que cansa com o tempo para outros. Preto pode ser a cor mais linda para alguns, e uma cor fúnebre para outros. Não existe certo e errado, existe o que você curte e agrada aos seus olhos! O que importa é a interpretação que você dá para suas cores preferidas e ponto final!

2 | Criando prateleiras com tábuas de pinos e mãos francesas.

Espaços superiores das paredes podem ser muito bem aproveitados com prateleiras de madeira pinus e mãos francesas! É outra estratégia super barata que causa um efeito maravilhoso, seja com acabamento de pintura em verniz ou colorido. Com o auxílio de caixas podem organizar muitos trecos e apetrechos da casa!

3 | Repaginando móveis antigos.

Dediquei um tok especialmente para ele (assista!), onde mostro diversas transformações que fiz aqui em casa e comento mais sobre! Em resumo, é uma forma fantástica de valorizar e reaproveitar o mobiliário antigo, ou popular mais sem graça que fica lá escorado num cantinho. Com amor, tinta ou outros efeitos podem se transformar na estrela da casa!

4 | Confeccionando cortinas simples.

Janelas sem cortinas não dá, né? Janela pede cortina, nem que sejam simples, de voal, rústicas, blecaute ou o tecido da sua preferência! Se a sua casa for mais no estilo moderninha, retrô, contemporânea ou original, aqueles modelos clássicos ficam dispensados, certo?! Casas simples pedem cortinas simples.

Há muitos tutoriais na internet ensinando a fazer cortinas sem costura, só procurar, estudar, treinar e fazer a sua!

5 | Confeccionando tapetes artesanais ou rústicos.

Tapetes de crochê de barbante ou de malha por exemplo, são uma pedida super legal para decorar a casa gastando pouco no quesito piso dos principais ambientes! Se você não sabe fazer, não quer aprender, com certeza tem uma tia, vó ou amiga que curte, e quem sabe faria um para você por um precinho camarada! Tem muitos DIYs na internet ensinando a fazer tapetes também, só pesquisar e escolher o que tem mais a ver com você!

6 | Investindo em iluminação indireta.

Objetos de decor são sempre um charme na decoração, mas se poderia te indicar um objeto, invista em luminárias. Ou faça as suas próprias! A iluminação indireta, especialmente à noite, é um charme a mais na decoração dos ambientes, além de relaxar e chamar o soninho mais para perto da gente.

7 | Abusando do quarteto: pallets - caixotes de feira - canos pvc - blocos de concreto!

São itens baratos, que muitas vezes podemos encontrar na rua ou comprar bem baratinho e criar móveis lindos e originais para nossa casa! Divisórias de ambiente, murais, sapateiras, organizadores de itens no quintal, escrivaninhas, criado-mudos, arara de roupas, aparadores, entre outros milhares de projetos podem ser feitos com pallets, caixotes de feira canos de pvc e blocos de concreto! Amo ideias nesse estilo! O bacana da história é que eles permitem mudanças, são super versáteis, e se você e como eu, curte também por causa disso!

Confira tudo isso dando play no vídeo, que está repleto de imagens inspiradoras, com muito Faça Você Mesmo aqui da Casa da Edel! Aproveita para se inscrever no canal, para ficar por dentro de tudo o que rola por aqui! Fique a vontade para comentar, compartilhar, e me ajudar a espalhar essas ideias por aí!


Organize e decore gastando pouco! - Tok 32 | Desafio 52 toks de organização e decor



❤ GOSTOU DESTE CONTEÚDO? COMPARTILHE!